Saeb e SSP afirmam que providências já foram adotadas para solucionar pagamentos atrasados de policiais

Em nota enviada ao Informe Baiano nesta sexta-feira (15/03), após denúncias de atrasos no pagamento de salários e de horas extras dos policiais civis feitas Sindicato dos Policiais Civis do Estado da Bahia (Sindpoc), a Secretaria de Administração do Estado (Saeb) e a Secretaria de Segurança Pública (SSP) disseram que providências já foram adotadas para “solucionar possíveis pendências decorrentes de falhas nos contracheques dos servidores. Folhas complementares foram processadas especialmente para solucionar inconsistências, ainda neste mês de março. O objetivo é garantir o cumprimento das obrigações do Estado com servidores, num esforço para minimizar os impactos decorrentes da transição para o RH Bahia, novo sistema de gestão de Recursos Humanos do Estado”.

Veja também: Sindicato afirma que policiais civis estão sem receber salários e horas extras de plantões

O comunicado diz ainda que “como parte de uma agenda de diálogo contínuo e transparente com a categoria, foram programados para a próxima semana encontros com representantes do Sindpoc, com vistas a esclarecer dúvidas e realizar novos encaminhamentos”.

“A Saeb pede a compreensão dos servidores pelos transtornos gerados e informa que montou uma estrutura dedicada à identificação e solução dos problemas que estão sendo tratados com a maior celeridade possível. Salienta, também, que qualquer transição para um novo sistema pode gerar inconformidades. Iniciativa pioneira na administração pública nacional, o RH Bahia abarca a tecnologia alemã SAP, reconhecida mundialmente”, finaliza a nota conjunta da Saeb e SSP.

Sindicato afirma que policiais civis estão sem receber salários e horas extras de plantões