Após saída de Aldo, Antônio Pezão faz acordo e também deixa o UFC

Após quatro anos, o paraibano Antônio Pezão não faz mais parte do elenco de atletas do . A decisão foi tomada de comum acordo entre o lutador e a organização, e põe fim a caminhada de quatro anos do lutador no evento. Segundo o .com apurou, ainda não há nenhuma definição sobre qual será seu próximo destino.

Aos 37 anos de idade, Antônio Pezão tem 30 lutas como profissional no , somando 19 vitórias, dez derrotas e um empate – no UFC sua passagem foi discreta, com três vitórias, um empate e sete derrotas. Seu maior momento foi a disputa do cinturão dos pesos-pesados contra o então campeão, Cain Velásquez, no UFC 160. Atualmente vinha de três derrotas, diante de Mark Hunt, Stefan Struve e Roy Nelson, todas por nocaute.
Entre suas vitórias, os nocautes sobre Travis Browne e Alistair Overeem foram os mais marcantes, principalmente diante do holandês, que após de desdenhar do brasileiro durante toda a semana que antecedeu o duelo, vinha dominando a luta e acabou sendo nocauteado espetacularmente no terceiro round. Também foi destaque a sua luta contra Mark Hunt no Japão, que foi uma das maiores da história do MMA e acabou empatada.