Produção de passaportes é interrompida pela Casa da Moeda

A Casa da Moeda interrompeu a produção de passaportes desde a última quarta (7) por falta de pagamento. Responsáveis pela emissão dos documentos, os postos de atendimento da também estão paralisados desde então. A informação é da GloboNews. O pagamento do serviço à Casa da Moeda é feito pelo , que estaria atrasando o repasse de recursos.

A interrupção deve atrasar ainda mais a entrega do documento, que já estava demorando mais do que o tempo estipulado no ato da solicitação. O prazo máximo era de seis dias úteis. O serviço pode permanecer interrompido nos próximos meses, que é período de férias.

Para emitir um passaporte, o solicitante precisa pagar uma taxa de R$ 257,25. Em casos de urgência, a taxa aumenta para R$ 334,42. Em junho deste ano, a confecção de passaportes foi paralisada por causa de uma falha um dos equipamentos utilizados para confeccionar o documento. Por mês, a Casa da Moeda produz mais de 180 mil passaportes.