Empresário de Marinho se reúne hoje com o Vitória para decidir futuro do atleta

O futuro do principal jogador do Vitória para a temporada finalmente começará a ser definido. Nesta quarta (4), o de , Jorge Machado, desembarcará em Salvador, onde terá uma reunião com o diretor de futebol do Vitória, Sinval Vieira. O encontro será à tarde, no .

Ao CORREIO, o dirigente rubro-negro confirmou a reunião e garantiu não ter recebido nenhuma proposta concreto pelo atacante. “Teremos uma reunião amanhã (hoje) com Jorge Machado, empresário dele. Até aqui, não há nada de concreto. Vamos ver o que ele tem a nos dizer”.

Em diversas declarações desde que assumiu o cargo, Sinval foi taxativo ao declarar que o Vitória tem interesse em manter o jogador e que não pretende abrir mão dele, a não ser que paguem a multa rescisória no valor de 5 milhões de euros (cerca de R$ 17 milhões). Deste valor, 50% serão destinados ao Vitória, 20% para a JMB, empresa que agencia o jogador, e os outros 30% para o Cruzeiro, clube que detém parte dos direitos econômicos de Marinho.

O discurso de Sinval se choca com o do Flamengo. Em entrevista ao globoesporte.com, o vice-diretor de futebol do time carioca afirmou que o clube não tem condição de desembolsar o que o Vitória deseja para liberar o jogador. Apesar disso, garante que a proposta será feita através de Machado, hoje. “Não temos reunião alguma com o Vitória. Marinho é um jogador que nos interessa, mas tudo vai depender da condição dele vir. Nenhum clube brasileiro pode pagar a multa. Se ele ficar no Brasil, somos candidatos a contratá-lo”, revela.

Marinho tem contrato com o Leão até dezembro de 2018.