Após chacina, Manaus registra nova rebelião neste domingo

Menos de uma semana depois da chacina que no sistema penitenciário de Manaus, que deixou 60 mortos, uma nova rebelião ocorreu na madrugada deste domingo (8/1) na capital do Amazonas. Aos menos seis pessoas foram mortas na Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no centro da cidade.

A informação foi confirmada pela Secretaria de Administração Penitenciária do estado. De acordo com a pasta, a situação está controlada. Os presos mortos foram encontrados decapitados e queimados.

A cadeia recebeu 284 presos transferidos após o massacre em presídios. O local foi desativado em outubro de 2016 por recomendação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e alvo de críticas do Ministério Público do Amazonas (MP-AM).

Mas foi reaberta emergencialmente na segunda (2) para acomodar os presos ameaçados de morte pela facção Família do Norte (FDN).