Vigilante morto em São Caetano trabalhava para o traficante “Boca Mole”

Um vigilante conhecido como Laurindo foi executado nesta segunda (23) na localidade da Sussunga, no bairro de São Caetano. Ele recebeu tiros na cabeça e no corpo. Em contato com o Informe Baiano, um morador disse que a vítima trabalhava para o chefe do tráfico da facção Ajeita, o “Boca Mole”, que está no detido no presídio. Existe a suspeita que ele foi morto pelos próprios comparsas, assim como ocorreu recentemente como um dos gerentes do tráfico conhecido como Rodolfo. Laurindo teria sido ainda flagrado por câmeras de segurança em um assalto no bairro do Cabula. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa investiga o crime.