Sorvetinho e Boi: dupla presa por morte de barbeiro no Engenho Velho da Federação

Marcos Gonçalves da Conceição Júnior, o Sorvetinho, de 23 anos, e Diego Procópio França, o Boi, 24, foram presos sob acusação de participação na morte do barbeiro Edson Guilherme dos Santos Souza, no dia 3 de junho, no Engenho Velho da Federação. Eles foram apresentados à imprensa, na manhã desta segunda (19), no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

A dupla teve o mandado de prisão temporária cumprido na quarta-feira (14). O crime aconteceu na residência da vítima, na Rua Dulce, e foi motivado por vingança. Os suspeitos acreditavam que Edson passava informações sobre a atividade criminosa da quadrilha para a polícia.

O barbeiro, que também trabalhava como segurança, foi assassinado a tiros 20 minutos após a morte do traficante conhecido como “Forró”, ocorrida durante confronto com policiais militares, no Engenho Velho da Federação. “Forró” era amigo de infância dos presos.

Segundo a delegada Marta Karine Menezes de Aguiar, coordenadora da 1ª Delegacia de Homicídios (DH/Atlântico), outros dois envolvidos no crime, identificados como Luciano de Jesus Mota, o Luciano Benga, e Matheus Roberto Costa Souza, o Boca Preta, estão com mandados de prisão em aberto.

A delegada Milena Calmon, titular da 1ª DH/Atlântico, solicita à população que compartilhe com a polícia qualquer informação sobre o paradeiro de Luciano e Matheus por meio do Disque Denúncia 3235 – 0000. O anonimato é garantido. Marcos e Diego foram encaminhados ao Complexo Policial da Baixa do Fiscal. Os quatro criminosos têm passagem por tráfico de drogas e porte ilegal de arma.