Presidente do Banco do Brasil terá de explicar bloqueio de empréstimo já aprovado para Bahia

O governo federal vai ter que explicar a demora para liberar o empréstimo de R$ 600 milhões para à Bahia. A Comissão de Assuntos Econômicos aprovou, nesta terça-feira (12/9), requerimento do senador baiano Otto Alencar (PSD), que convida o presidente do Banco do Brasil, Paulo Rogério Caffarelli, a esclarecer o bloqueio do empréstimo de R$ 600 milhões para o Governo do Estado.

Aprovados pelo Senado no primeiro semestre deste ano e com o parecer favorável de três órgãos públicos, os contratos preveem investimentos em obras como educação, saúde e infraestrutura.

“Nunca pensei que um presidente da República pudesse se submeter a pressão de um grupo de deputados baianos e deixar de cumprir com a sua palavra”, disse o senador.