Confira as dicas para a criançada curtir as férias em Salvador

Para as crianças aproveitarem as férias escolares com muita diversão, Salvador dispõe de variadas opções de lazer: praças nos bairros, Parque da Cidade, praias e museus são alguns dos atrativos que podem tornar os dias dos pequenos mais animados. Alguns passeios são apenas de entretenimento e outros unem ludicidade com educação.

No Parque da Cidade Joventino Silva, no Itaigara, a população encontra um grande espaço de recreação ao ar livre. É um bom lugar para que o público infantil entre em contato com a natureza e possa brincar à vontade. As famílias costumam fazer piqueniques nos gramados, principalmente, nos fins de semana. As crianças podem se revezar entre o parque infantil, pista de skate, quadras de futevôlei e de futebol ou apreciar as artes plásticas, como a Sala de Estar de Bel Borba.

Outra atração permanente é o Cantinho da Leitura, na Praça Jacarandá, onde é possível deixar um livro e levar outro. Cinco minibibliotecas em formato de casinhas do projeto Livres Livros recebem a reposição de 150 exemplares semanalmente, inclusive de estórias infantis.

Além de toda essa programação permanente, a área recebe frequentemente atividades programadas, como roda de conversa, palestra, pinturas, campeonatos e apresentações. Com segurança durante 24 horas por dia, por meio da Guarda Civil Municipal (GCM), o Parque da Cidade funciona normalmente, de 5h às 22h, durante a semana, e de 5h às 19h, nos finais de semana.

Museus – No campo cultural, a cidade apresenta o sucesso da Casa do Carnaval, que conta a história da folia baiana através de maquetes, roupas e instrumentos disponibilizados por artistas que já participaram da festa. O espaço, situado no Centro Histórico, ao lado do Plano Inclinado Gonçalves, é indicado para todas as faixas etárias e as crianças podem aprender enquanto se divertem.

O acervo dispõe de fotos e documentos históricos e dois cinemas interativos, em que os visitantes podem aprender ritmos do Carnaval caracterizados e com a ajuda de monitores. A Casa do Carnaval está aberta a visitações de terça-feira a domingo, das 11h às 19h, com ingressos custando R$30 (inteira) e R$15 (meia).

Há ainda, a Casa do Rio Vermelho, imóvel onde o casal de escritores Jorge Amado e Zélia Gattai morou. Na famosa residência situada na Rua Alagoinhas, 33, os visitantes conhecem um pouco da rotina dos antigos donos através de peças de vestuário, manuscritos, obras de arte e vídeos interativos espalhados nos diversos ambientes do imóvel. A Casa do Rio Vermelho abre de terça a domingo, das 10h às 17h. Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

Na Barra, dois museus à beira-mar também encantam os cidadãos: os espaços Pierre Verger da Fotografia Baiana, no Forte Santa Maria e Carybé de Artes, no Forte São Diogo, que trazem obras significativas desses artistas. Os equipamentos ficam abertos de quarta a segunda, das 11h às 19h. Os ingressos custam R$ 20 e R$ 10 e dão direito a visitar os dois museus da Barra.

A Casa do Rio Vermelho e os Espaços Carybé de Artes e Pierre Verger têm entrada gratuita às quartas-feiras. De quarta a sábado, o Espaço Carybé de Artes terá entrada gratuita, a partir das 18h, para a apresentação da Orquestra Sinfônica da Bahia, com entrada sujeita à lotação.

Praças – A Praça Dois de Julho, no Campo Grande, tem sido um dos destaques de lazer ao ar livre com a iluminação especial natalina, implantada no local pela Prefeitura e que reuniu, no mês de dezembro, cerca de 600 mil pessoas. O grande sucesso motivou a administração municipal a estender a iluminação até o fim de janeiro. Dentre as principais atrações está o túnel luminoso com som sincronizado – o repertório variado reúne desde hits internacionais até sucessos da axé-music. Além disso, desta quinta-feira (10) até domingo (13), as crianças terão acesso gratuito a brinquedos infláveis, das 16h às 20h.

Além do Campo Grande, a população também pode aproveitar os cerca de 400 espaços de convivência e lazer construídos ou requalificados pela Prefeitura, desde 2013, em 163 bairros da cidade. A nova configuração desses equipamentos públicos dá o ar de um verdadeiro playground, além de garantir aos cidadãos a diversão dos filhos sem grandes custos e, claro, estimular o contato com outras crianças.

As áreas recreativas são adaptadas com rampas, piso tátil e brinquedos com acessibilidade, contribuindo para a inclusão das crianças com deficiências em parques infantis. Nos espaços, os pequenos contam com novidades como a Casa de Tarzan, o Parque dos Dinossauros e o Espaço Games.

Praias – Salvador conta com mais de 50 quilômetros de praias para a alegria da criançada que, em geral, adora o banho de mar e as brincadeiras na faixa de areia. Os pais e responsáveis precisam apenas ficar atentos aos riscos de afogamento e de perder os pequenos. Além disso, trechos de orla requalificados, a exemplos do Rio Vermelho, São Tomé de Paripe, Ribeira e Itapuã, possuem atrativos como quadras e parque infantil.

Para evitar incidentes nas praias, o Município intensifica a atuação dos salva-vidas no verão com a distribuição de um efetivo de 281 agentes em 31 postos fixos e 20 móveis no trecho entre o Jardim de Alah e Ipitanga, e as ilhas pertencentes ao Município. Além disso, a Coordenadoria de Salvamento Marítimo (Salvamar) promove a campanha de identificação de crianças nas praias com utilização de pulseirinhas e, ainda, distribui panfletos informativos com dicas para um banho de mar seguro.