Lava a jato em São Cristóvão é flagrado fazendo “gato” de água

Na última quarta-feira (6), um lava a jato foi flagrado com ligação clandestina na rede distribuidora de água no bairro de São Cristóvão, em Salvador. O flagrante foi resultado de mais uma operação de combate às fraudes na rede de água realizada pela Embasa com apoio das polícias Civil e Militar. Após receber uma denúncia anônima, a Embasa planejou a operação e retirou a fraude, que estava desviando muita água, dado o grande movimento de carros de clientes no local. O responsável pelo estabelecimento evadiu-se, tornando impossível seu encaminhamento à delegacia. No entanto, a Polícia Civil abriu inquérito para investigar este crime de furto de água e fez a oitiva dos funcionários da Embasa e policiais militares presentes na ação.

De acordo com o Artigo 155 do Código Penal Brasileiro, a prática de furto de água é qualificada como crime contra o patrimônio, sujeita a pena de reclusão, além de multa. O usuário que estiver nessa situação deve procurar um ponto de atendimento da empresa e regularizar sua ligação, evitando problemas e corte no abastecimento do imóvel.

Relacionados