Bahia passa sufoco, mas está classificado para as semi-finais

Foi na base do sofrimento, da raça, do suor a classificação do Bahia para a semifinal do Copa do Nordeste 2016. Sem fazer uma grande partida, o Bahia arrancou um empate na Arena Fonte Nova, no final da partida e eliminou o Fortaleza da competição. O herói do time foi o volante Juninho. Além de ter marcado os dois gols do triunfo por 2 a 1, na última quarta-feira, no Castelão, o jogador marcou o gol do 1 a 1, na tarde deste domingo, na Arena Fonte Nova.

O jogo:

O Bahia começou o jogo na Arena Fonte Nova dando a sensação de que iria facilmente confirmar a classificação para a semifinal da Copa do Nordeste. Ainda mais quando, aos 5 minutos de jogo, Thiago Ribeiro foi derrubado na área pelo volante Juliano. Pênalti. O próprio Thiago Ribeiro foi pra cobrança, mas Ricardo Berna acabou defendendo a penalidade.

O pênalti defendido animou o Fortaleza que foi pra cima do Esquadrão de Aço. Aos 11 minutos, Daniel Sobralense bateu uma bola de primeira que acertou a trave de Marcelo Lomba. Já aos 15, foi a vez de Anselmo entrar livre na área. O atacante do Fortaleza bateu forte e Marcelo Lomba fez uma boa defesa. Aos 19, o time cearense chegou com perigo com Juninho, de cabeça, mas a bola foi pela linha de fundo.

As coisas ficaram mais complicadas para o Bahia quando Paulo Roberto, aos 26 minutos, fez uma falta dura, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso do jogo. Com isso, o Fortaleza continuou em cima. Aos 35 minutos, Anselmo recebe cara a cara com Marcelo Lomba mas, de forma bisonha, mandou a bola para a arquibancada.

Muito mal na partida, por sorte, o Bahia conseguiu terminar o primeiro tempo no 0 a 0.

2º tempo:

No intervalo, o treinador Doriva sacou o atacante Luisinho para a entrada do lateral-direito, Moisés. Já o do Fortaleza, Marquinhos Santos, decidiu aproveitar a superioridade numérica e saco o lateral-direito Max Oliveira, para colocar o atacante Eduardo.

E foi o Fortaleza quem começou em cima. Aos 4 minutos, Daniel Sobralense tocou para Pio que soltou a bomba. A bola bateu na trave e foi para a linha de fundo. O Bahia tentou dar o troco com Thiago Ribeiro, após cruzamento de João Paulo Gomes, mas o atacante não conseguiu chegar na bola.

Melhor no jogo, o Fortaleza era o time mais incisivo em campo até que conseguiu abrir o placar. Aos 20 minutos, Daniel Sobralense avançou pela direita  e cruzou para Eduardo, livre, sem ser incomodado pela zaga do Bahia, mandar para o fundo das redes. Bahia 0 x 1 Fortaleza.

Com este resultado, o Bahia seguia se classificando, com isso, o Fortaleza continuou em cima, pressionando o Esquadrão de Aço.  Aos 32 minutos, Juninho, o do time cearense, avançou pela esquerda e bateu forte. A bola tirou tinta da trave.

Mas ai, aos 39 minutos, as estrelas do bicampeão brasileiro brilharam. O volante Juninho, carrasco do time de Fortaleza no jogo de ida com dois marcados, recebeu passe de Thiago Ribeiro na entrada da área e soltou uma bomba. Um golaço! De valer o ingresso! Gooolll!!! Juninho! Bahia 1 x 1 Fortaleza.

No final da partida, aos 45 minutos, o Fortaleza perdeu a chance de levar a partida para a decisão nos pênaltis.  Em mais um vacilo da zaga tricolor, Eduardo recebeu um cruzamento pelo alto e, sozinho, mandou a bola para fora. Aos 49, no último lance do jogo, Eduardo, novamente, recebeu livre dentro da área e acertou mais uma bola na trave. Foi a terceira e última do jogo.

Final de partida, Bahia 1 x 1 Fortaleza. Como venceu o primeiro jogo por 2 a 1, no Castelão, o Esquadrão de Aço agora enfrenta o Santa Cruz, que venceu o Ceará num placar agregado por 3 a 1, no próximo dia 13 de abril, pela semifinal da Copa do Nordeste.

 


informações ECBahia.com