Com 123 anos, morre homem mais velho do mundo

Nesta segunda-feira (13), morreu o homem mais velho do mundo, aos 123 anos. Segundo informações do ‘The New York Times Post’, Appaz Iliev faleceu em Inguchétia, República Russa e deixou oito filhos, e tinha 35 netos e 34 bisnetos. O homem era considerado uma inspiração apara todos em sua cidade e afirmava que o seu segredo para uma vida longa era se deitar às 19h e dormir 11 horas todos os dias. além disso, evitava beber álcool, fumar e qualquer tipo de medicamentos.

O russo começou a trabalhar com sete anos como pastor, tendo depois ingressado no Exército Vermelho e combatido durante a Guerra Civil russa entre 1917 e 1922. Aos 45 anos, foi considerado muito velho para combater na Segunda Guerra Mundial e tornou-se, então, motorista. Chegou a ser deportado, por ordem de Estaline, para o Cazaquistão, onde esteve exilado.

- publicidade -

Segundo o Mirror, se os seus registos de nascimento estiverem corretos, ele foi o homem que mais anos viveu, superando assim o recorde anterior do japonês Jiroemon Kimura, que morreu com 116 anos.

Ultimas Noticias

Argentina estudará mudanças para criação de moeda única do Mercosul, diz...

O ministro da Fazenda argentino, Nicolás Dujovne, disse nesta quarta-feira, 17, considerar “muito interessante” a ideia de uma moeda única no Mercosul. Segundo ele,...

Quatro bons motivos para comer amendoins todos os dias

Por mais que seja considerado por muitos um ‘vilão’ para quem quer emagrecer, o amendoim é um alimento repleto de fibras e um verdadeiro...

Obras de requalificação da Avenida São Cristóvão estão 50% concluídas

As obras de macrodrenagem e pavimentação na região do bairro de São Cristóvão, que serão vistoriadas nesta quinta (18) pelo prefeito ACM Neto, estão...

Em Águas Claras, Polícia Ambiental flagra ‘pombos’ com revólver e recupera...

Dois veículos com restrição de roubo foram recuperados e uma dupla foi presa na noite de terça-feira (16/07) por equipes da Companhia Independente de...
Publicidade