Sisu: Estudantes já podem consultar vagas para a edição do segundo semestre

Estudantes podem consultar, na página do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), as vagas que serão ofertadas em instituições públicas de ensino superior no segundo semestre deste ano.

A busca pode ser feita por curso, instituição de ensino e por município.

Podem participar do Sisu os estudantes que fizeram prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2018 e obtiveram nota na redação acima de zero.

As inscrições do Sisu poderão ser feitas de 4 a 7 de junho. Durante esse período, uma vez por dia, o Sisu calcula a nota de corte, que é a menor nota para o candidato ficar entre os potencialmente selecionados.

O resultado será divulgado no dia 10 de junho. Os participantes poderão ainda integrar a lista de espera entre 11 e 17 de junho.

Simulador

Para evitar sobrecarga do sistema, o Ministério da Educação (MEC) vai tirar temporariamente do ar o simulador do Sisu, que mostra informações dos últimos processos seletivos.

O sistema não poderá ser acessado a partir de hoje (23), e a previsão é que volte ao ar no dia 10 de junho. “A medida, preventiva, foi necessária para evitar que o sistema fique sobrecarregado”, informou o MEC.

Ultimas Noticias

Na Ribeira, um assaltante morto e outro detido por populares

Dois bandidos tentaram roubar transeuntes na noite desta quarta-feira (11/12) e se deram mal. O caso aconteceu na Avenida Beira Mar. De acordo com...

Bahia lança portal com indicadores de desempenho do turismo

Um portal digital com informações, dados, indicadores e pesquisas sobre o setor turístico na Bahia foi lançado pela Secretaria do Turismo do Estado (Setur)...

Turma do Bem entrega presentes a crianças em creche

Nesta quarta-feira (11), servidores da Secretaria de Comunicação Social do Estado (Secom), por meio do projeto ‘Turma do Bem’, distribuíram brinquedos na creche ‘Educar...

Alba: Lei Orçamentária para 2020 avança na CCJ e Orçamento e...

A Lei Orçamentária Anual (LOA) da Bahia para 2020 foi aprovada, no âmbito das Comissões, e segue agora para votação no Plenário da Assembleia...
Publicidade