Por unanimidade, Tribunal de Justiça considera José Ronaldo inocente na nomeação de agente distrital

Por unanimidade, a Segunda Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia absolveu o ex-prefeito José Ronaldo de uma denúncia do Ministério Público Estadual que o acusava de ter cometido irregularidade na nomeação do agente distrital Constantino Portugal dos Santos.

Tino, como era mais conhecido, atuava no distrito Governador João Durval (Ipuaçu). Ele já é falecido. O Ministério Público havia denunciado o então prefeito e o próprio agente de fraude contra o INSS, alegando que ele era aposentado por invalidez e, como tal, não poderia exercer cargo público.

Os desembargadores da Segunda Câmara Criminal do TJB (são 10 integrantes) acolheram recomendação do relator Jefferson Alves de Assis e da revisora Nágila Maria Sales Brito, pelo indeferimento da ação do MP. Com base nos documentos e provas apresentadas, os desembargadores concluíram que não houve crime.

Ultimas Noticias

Obras de macrodrenagem nos rios Ipitanga e Joanes avançam

Uma obra com concepção inovadora e que promete diminuir significativamente os alagamentos em Lauro de Freitas e alguns bairros de Salvador, melhorando a vida...

Presente em 4,2 mi de lares no Brasil, pirataria na TV...

A pirataria da TV paga causa um prejuízo de R$ 9,6 bilhões por ano ao setor, sendo que nesse mesmo período o governo deixa...

Feira Cidadã é aberta em Santo Estêvão com expectativa de dez...

Promovida pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), em parceria com as Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA), a 27ª edição da Feira Cidadã de...

Policial militar se joga de prédio na Avenida Tancredo Neves

Um cabo da Polícia Militar se jogou do Edifício André Guimarães, na Avenida Tancredo Neves, em Salvador, na noite desta quinta-feira (19/09). Equipes da...
Publicidade