Secult abre credenciamento de atrações de Samba Junino

Artistas, bandas e grupos de Samba Junino terão a sua participação garantida nos festejos do Pelourinho. O prazo de inscrições para o credenciamento de atrações exclusivamente deste gênero foi aberto nesta sexta-feira (24) e segue até 30 de maio. Essa é a primeira vez que a categoria está sendo lançada, dentro do Edital de Credenciamento do Ciclo de Festejos Juninos no Pelô, existente desde 2012. A iniciativa é da Secretaria de Cultura do Estado(Secult), por meio do Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI).

O credenciamento é disponibilizado para os interessados através de formulário eletrônico, para serviços a serem prestados no âmbito do Projeto Ciclo de Festejos Juninos no Pelô e similares. O texto do regulamento, bem como os seus anexos, estão disponíveis na internet, nos seguintes links: Regulamento Samba Junino; Portaria 66.2019 Institui o Credenciamento do Samba Junino; Formulário de Inscrição – Samba Junino; Contrato de pessoa jurídica – Samba Junino; Contrato de pessoa física – Samba Junino.

A coordenadora artística do CCPI, Thelma Chase, destacou que o edital aberto nesta etapa, exclusivamente para os grupos de Samba Junino, é importante para a manutenção pelo Governo das manifestações populares, cada uma dentro do seu segmento. “É uma herança, um legado, que atravessa gerações, passando dos avós para os pais e de pais para filhos. Eles dão continuidade e há uma paixão grande por esse trabalho”, disse.

Ela ressaltou, ainda, que o Samba Junino é uma tradição de muitos anos e que este é um estilo onde os grupos atuam junto à comunidade. “Estes grupos nascem dentro da comunidade, com os moradores, que são músicos deste lugar. A inserção do Samba Junino no Edital era uma solicitação destes grupos, que sempre estiveram presentes na programação do Centro Histórico, independentemente de seleção”.

Detalhes do credenciamento

As etapas do credenciamento serão as seguintes: inscrição; habilitação e classificação; convocação; e assinatura do termo de adesão. As duas primeiras etapas correspondem ao processo de credenciamento e as duas etapas seguintes à própria execução dos efeitos do credenciamento.

Poderão participar pessoas físicas e jurídicas, inclusive proponentes que representem, no máximo, até três artistas, bandas musicais ou grupos, com repertório junino, que possuam sede no Estado da Bahia, com mais de um ano de constituição, na hipótese de pessoa jurídica.

Somente serão admitidas a participar deste credenciamento os interessados que atenderem a todas as exigências contidas no regulamento. As informações e esclarecimentos necessários ao perfeito conhecimento do objeto deste credenciamento poderão ser obtidos na sede do Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI), no Largo do Pelourinho, 12, ou no site da Secult.

O Edital lançado pela Secretaria de Cultura, por meio do CCPI, existe desde 2012 e contempla artistas e bandas que tocam músicas no estilo junino. No total, são 74 artistas credenciados nas categorias Forró Tradicional (grupos de Pé de Serra), Forró Universitário e Forró Eletrônico.