Uso de antibióticos é necessário, mas deve ser feito com cautela

O do uso indiscriminado de antibióticos tem preocupado os médicos especialistas, a afirmação é do médico intensivista Dr. Rafael Deucher, do XVIII Sul-Brasileiro de Medicina Intensiva, vice- da Sociedade de Terapia Intensiva do Paraná (Sotipa) e coordenador das UTIs do Hospital VITA Batel, localizado em Curitiba. De acordo com ele, deve-se fazer uso racional dos antibióticos pois a velocidade que a bactéria cria resistência é maior do que a ciência descobre novas drogas.

Os antibióticos são utilizados na suspeita ou confirmação de infecção bacteriana com a função de atuar contra a evolução das bactérias sem danificar as células do corpo e com isso ajudar no processo de melhora da infecção. Esse tipo de medicamento pode ser administrado em pessoas de todas as idades. “Existem diversos tipos de antibióticos diferentes para que haja efeito em todo tipo de bactéria prejudicial ao organismo, por isso, a forma correta é sempre usar com prescrição médica e evitar a automedicação. Além disso, a medicação pode ter efeitos colaterais – diarreia, náuseas, dor de estômago até alergia grave -, por isso, deve-se avaliar o risco benefício e não devem ser tomados sem de profissional, alerta Dr. Rafael.

Há diferentes tipos de espectro, ou seja, a “força” do antibiótico. Diferentes drogas são usadas em âmbito domiciliar e hospitalar. “Pode ser usado com outras medicações assim como fazemos na UTI, mas um profissional qualificado deve analisar as medicações prévias do paciente antes de escolher o antibiótico adequado”, enfatiza o intensivista.

O uso de antibióticos será um dos temas abordados durante o XVIII Sul-Brasileiro de Medicina Intensiva, que será realizado nos dias 22 a 24 de agosto, em Curitiba, na discussão sobre “Novos antibióticos para infecções por gram-negativos”. São um tipo específico de bactéria com características únicas. Como a maioria das bactérias, elas podem causar infecções em todo o corpo. “As zonas de infecção mais frequentes incluem os pulmões, o trato urinário, a corrente sanguínea, o sistema nervoso e os tecidos moles. Feridas cirúrgicas também podem ser infectadas com bactérias gram-negativas”, relata o do .

Estratégia de combate ao Aedes assegura redução de 55% das notificações de arboviroses em Salvador

Salvador apresentou uma redução de 55% no registro de notificações e rumores de surtos de dengue, zika e chikungunya. No total, foram 1.747 casos notificados em junho,...

Mais de 1.170 profissionais da saúde já foram atendidos no pronto-atendimento do Rio Vermelho

Com 1.173 profissionais de saúde atendidos até ontem (1º) no pronto-atendimento criado pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), localizado no prédio da antiga Faculdade...

Bahia registra 3.178 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 3.178 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +4,3%), 49 óbitos (+2,6%) e 3.165 curados (+6,6%). Dos 76.485 casos...

Governo do Estado abre novos leitos de UTI para Covid-19 em Juazeiro​

O Governo da Bahia assinou contrato para abertura de 30 leitos dedicados ao tratamento de pacientes com diagnóstico positivo para o novo coronavírus no município de Juazeiro....