Almoço de São João anima restaurantes populares da Liberdade e Comércio

Um almoço especial de São João, com direito aos grandes clássicos da música nordestina, foi promovido nos restaurantes populares da Liberdade e do Comércio, em Salvador, nesta segunda-feira (17). Administradas pela Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social do Estado (SJDHDS), as unidades receberam decoração junina e o som da zabumba, sanfona e triângulo, para recepcionar as cinco mil pessoas que frequentam os locais diariamente.

Política pública consolidada do Governo do Estado, os restaurantes oferecem refeições completas, incluindo sucos e frutas, por apenas R$1 o prato. “É uma iniciativa muito boa. As unidades adquirem alimentos da agricultura familiar baiana, gerando emprego e renda. Também oferecem, a preço popular, mais de cinco mil refeições saudáveis a pessoas em situação de vulnerabilidade social. Além disso, os refeitórios funcionam como ambiente de integração, como nessa festa aqui, que resgata a tradição junina e permite encontros e conversas”, destacou o titular da SJDHDS, Carlos Martins.

- publicidade -

Boa parte do público dos restaurantes, os idosos estavam presentes em peso e não fizeram feio ao dançarem com os bailarinos profissionais, que também animaram a festa. Frequentador assíduo do restaurante da Liberdade, o aposentado Carlos Braz aprovou a comida e a música. “Estou aqui de segunda a sexta, o mês inteiro. O almoço de hoje estava uma delícia, dá pra ver que é feita com muito carinho e faz bem, principalmente para alguém na minha idade, 70 anos. Ainda aproveitei e dancei bastante”, contou.

Segurança alimentar

Uma das nutricionistas que atuam no equipamento, Samara Paixão explicou que “todos os dias, sejam ocasiões especiais ou não, os pratos são montados de modo a serem ricos em carboidratos, diferentes tipos de proteínas, frutas, legumes e grãos. A alimentação é diversificada e, ao longo de um mesmo mês, não há a repetição de cardápios”.
Segundo a superintendente de Inclusão e Segurança Alimentar da SJDHDS, Rose Pondé, os restaurantes apresentam o real conceito de segurança alimentar. “Hoje e nos outros dias, as unidades primam por ofertar sensação de pertencimento e promoção de felicidade, inclusive com a realização de ações voltadas para a educação alimentar e a percepção dos alimentos. Tudo isso promovendo um direito básico humano, que é o da alimentação”, ressaltou.

Funcionamento

Nos dois restaurantes, trabalham cerca de 80 profissionais, em diferentes funções que vão do auxiliar de serviços gerais a nutricionistas. Ambos são abertos ao público, de segunda à sexta-feira, às 10h e encerram as atividades às 14h. Crianças de até 5 anos não pagam. Na Liberdade, o Restaurante Popular fica na Estrada da Liberdade, número 258. Já o Restaurante Popular do Comércio está localizado na Avenida da França, sem número.

Fotos: Carol Garcia

Ultimas Noticias

Governo aprova registro de mais 51 agrotóxicos, totalizando 262 no ano

O Ministério da Agricultura aprovou nesta segunda-feira (22) o registro de mais 51 agrotóxicos, totalizando 262 neste ano. O ritmo de liberação de novos...

Bolsonaro afaga e conquista ACM Neto com declaração em inauguração na...

Em discurso nesta terça-feira (23/07), durante a inauguração do Aeroporto Glauber Rocha, em Vitória da Conquista, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) não economizou afagos...

Briga em divisão de pedras de crack termina com homicídio em...

Investigadores da Delegacia Territorial (DT), de Ilhéus, prenderam em flagrante Dorisval da Silva Santos Junior, o Junior Tatuador, e Mário Sérgio Santos Oliveira, conhecido...

Conversa de ACM Neto e Bolsonaro: ele é ‘raivoso e recalcado’

Nesta terça-feira (23/07), durante a chegada em Vitória da Conquista, onde participa da inauguração do Aeroporto Glauber Rocha, o presidente do Democratas, ACM Neto,...
Publicidade