“Rui Costa debocha da população baiana e fará viagem de turismo para assistir as touradas em Madri”, diz Azi

“Completamente imoral, ilegítima, deplorável a atitude do governador Rui Costa”. Foi dessa forma que o deputado federal Paulo Azi (DEM) reagiu à informação divulgada nesta quinta-feira, pelo Bahia Notícias, de que o governador Rui Costa pretende viajar para a Espanha, com dinheiro público, em busca de investidores interessados na construção de mais um centro de convenções em Salvador.
“Trata-se de um deboche com o povo baiano. Salvador não precisa de dois centros de convenções e todo mundo sabe que a Prefeitura já está para inaugurar um novo no bairro da Boca do Rio, no local onde funcionou o antigo Aeroclube. Essa viagem do governador só pode ser de turismo, em total desrespeito com o dinheiro público. Vamos acionar o Tribunal de Contas do Estado imediatamente porque isso é um acinte contra a população”, revolta-se Azi.
“O governador, ao invés de gastar dinheiro público com sua comitiva da alegria para assistir as touradas de Madri, deveria pegar um simples ônibus do CAB para a Boca do Rio para ver in loco o Centro de Convenções que sua incapacidade administrativa não soube construir”, disse ainda Paulo Azi, lembrando que o governo do estado gastou R$30 milhões na reforma do antigo Centro de Convenções, que acabou desabando, por falta de manutenção.
O Centro de Convenções foi interditado pela Secretaria Municipal de Urbanismo (Sucom) no dia 20 de maio de 2015. O local foi fechado para obras, mas em setembro de 2016, parte da fachada do prédio desabou. Após o incidente, o governo do estado começou a desmontar a estrutura e ficou de definir um novo local para abrigar o Centro de Convenções. Por estar fechado há quatro anos, o trade turístico baiano fala em prejuízos devido à não realização de eventos de grande porte na cidade, e diz que o estado está perdendo turistas para “destinos concorrentes”.
“Devido à inércia do governo, a Prefeitura de Salvador chamou para si essa responsabilidade e vai entregar um novo Centro de Convenções no segundo semestre de 2019”, diz Azi.
“Viagens internacionais do governador se justificariam se ele estivesse em busca de novas empresas estrangeiras interessadas em investir na Bahia, porque o estado não soube ainda como gerar emprego e renda para a população. No entanto, as empresas estão deixando a Bahia para apostar em outros estados devido à incompetência da atual gestão” .

Ultimas Noticias

Galaxy Note 10 é o novo ‘rei’ das câmeras fotográficas de...

A Samsung apresentou na semana passada a série Galaxy Note 10 onde, para além da versão standard e do Galaxy Note 10+, podemos encontrar...

O trânsito e a segurança das crianças

As crianças estão entre as principais vítimas dos acidentes de trânsito no Brasil. Em julho, a ONG Criança Segura divulgou uma análise feita pela...

Em São Cristóvão, polícia troca tiros com grupo fortemente armado

Policiais da 49ª Companhia Independente em incursões neste domingo (18/08), por volta das 11h, em Colinas de Mussurunga, visualizaram diversos bandidos armados e tentaram...

“Tô na Área” em Canabrava: prefeitura autoriza obras e faz mutirão...

Facilitar o acesso aos serviços públicos essenciais, garantindo também a participação popular na gestão pública. Esse é o objetivo do projeto “Tô na Área”,...
Publicidade