Neojiba e Orquestra Juvenil da Bahia se apresentam simultaneamente pela internet

O acesso à internet é capaz de aproximar uma nação e conectar pessoas de diferentes locais unidas pelo mesmo objetivo. Foi através deste potencial tecnológico que a Rede Metropolitana de Salvador (Remessa), instituição ligada à Rede Nacional de Pesquisa (RNP), com o apoio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), realizou uma transmissão simultânea, nesta quarta-feira (3), entre os artistas dos Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia (Neojiba) e os integrantes da Orquestra Juvenil da Bahia. Ambos tocaram e cantaram a mesma música, liderados por diferentes regentes, porém unidos pela conexão com a internet.

O evento aconteceu simultaneamente na reitoria da Universidade Federal da Bahia (Ufba) e no Parque do Queimado, primeira sede do Neojiba. A apresentação foi articulada pela Remessa, em comemoração aos dez anos em que atua na capital. De acordo com a secretária da Secti, Adélia Pinheiro, a população baiana pode ir ainda mais longe quando há acesso democrático à tecnologia. “Nesta data, um dia após a comemoração do 2 de julho, consagramos outro marco histórico em nosso estado. É importante relembrar que uma década de trabalho para trazer internet de alta velocidade (entre 1 e 10Gb), possibilitando aos jovens compartilhar sua arte com o mundo, só foi possível graças à união entre os setores que promovem a inclusão”, destacou.

A coordenadora da Remessa, Claudete Alves, fez um panorama sobre o cenário da internet no estado. “Parece que foi ontem que buscamos idealizar a infraestrutura de fibra ótica em um modelo que fosse sustentável e acessível. De lá para cá, a Remessa alcançou todos os objetivos da Rede Conecta – que avalia a excelência da qualidade do serviço – pois a iniciativa aumentou a velocidade da internet local em mais de 10 vezes”, afirmou.

Para conectar a Universidade Estadual da Bahia (Uneb), houve uma época em que 1Mb custava cerca de 14 mil reais, conforme afirmou o diretor da RNP, Nelson Simões, que realizou uma palestra sobre as perspectivas da rede acadêmica e internet no Brasil. Segundo ele, um novo ciclo se inicia e novas instituições devem ser contempladas com a conexão.

O evento ainda contou com a participação do coordenador da RNP, ítalo Valcy, do diretor geral do Neojiba, maestro Ricardo Castro, do superintendente de T.I. da Universidade Federal da Bahia (Ufba), Luís Cláudio Mendonça e do vice-reitor da Ufba, Paulo Miguez de Oliveira. Além disso, estiveram presentes representantes da Prefeitura de Salvador, da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba), do Centro de Integração de Dados e Conhecimentos para Saúde (Cidacs), além da Fundação de Apoio à Pesquisa e à Extensão (Fapex), e da Companhia de Processamento de Dados do Estado da Bahia (Prodeb).

Ultimas Noticias

Colégio concede 15% de desconto para servidores estaduais

O Colégio Nossa Senhora da Luz, parceiro do Clube de Desconto, está com matrículas abertas para 2020. A instituição concede 15% de abatimento a...

Usuários do metrô são surpreendidos com presença do Papai Noel

Os usuários do metrô foram surpreendidos pela presença do Papai Noel na tarde desta segunda-feira (9). A ação faz parte do 'Vem pra Cá',...

Mundial de handebol: Seleção feminina termina na 17ª posição

A seleção brasileira feminina de handebol encerrou, nesta segunda (9), sua participação no Mundial da modalidade com uma vitória de 22 a 18 sobre...

Saúde sem Fronteiras chega à região de Itaberaba

Municípios de Ruy Barbosa e Utinga, região de Itaberaba, já estão atendendo às mulheres de 50 a 69 anos, dentro da estratégia Saúde sem...
Publicidade