Neojiba e Orquestra Juvenil da Bahia se apresentam simultaneamente pela internet

O acesso à internet é capaz de aproximar uma nação e conectar pessoas de diferentes locais unidas pelo mesmo objetivo. Foi através deste potencial tecnológico que a Rede Metropolitana de Salvador (Remessa), instituição ligada à Rede Nacional de Pesquisa (RNP), com o apoio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), realizou uma transmissão simultânea, nesta quarta-feira (3), entre os artistas dos Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia (Neojiba) e os integrantes da Orquestra Juvenil da Bahia. Ambos tocaram e cantaram a mesma música, liderados por diferentes regentes, porém unidos pela conexão com a internet.

O evento aconteceu simultaneamente na reitoria da Universidade Federal da Bahia (Ufba) e no Parque do Queimado, primeira sede do Neojiba. A apresentação foi articulada pela Remessa, em comemoração aos dez anos em que atua na capital. De acordo com a secretária da Secti, Adélia Pinheiro, a população baiana pode ir ainda mais longe quando há acesso democrático à tecnologia. “Nesta data, um dia após a comemoração do 2 de julho, consagramos outro marco histórico em nosso estado. É importante relembrar que uma década de trabalho para trazer internet de alta velocidade (entre 1 e 10Gb), possibilitando aos jovens compartilhar sua arte com o mundo, só foi possível graças à união entre os setores que promovem a inclusão”, destacou.

A coordenadora da Remessa, Claudete Alves, fez um panorama sobre o cenário da internet no estado. “Parece que foi ontem que buscamos idealizar a infraestrutura de fibra ótica em um modelo que fosse sustentável e acessível. De lá para cá, a Remessa alcançou todos os objetivos da Rede Conecta – que avalia a excelência da qualidade do serviço – pois a iniciativa aumentou a velocidade da internet local em mais de 10 vezes”, afirmou.

Para conectar a Universidade Estadual da Bahia (Uneb), houve uma época em que 1Mb custava cerca de 14 mil reais, conforme afirmou o diretor da RNP, Nelson Simões, que realizou uma palestra sobre as perspectivas da rede acadêmica e internet no Brasil. Segundo ele, um novo ciclo se inicia e novas instituições devem ser contempladas com a conexão.

O evento ainda contou com a participação do coordenador da RNP, ítalo Valcy, do diretor geral do Neojiba, maestro Ricardo Castro, do superintendente de T.I. da Universidade Federal da Bahia (Ufba), Luís Cláudio Mendonça e do vice-reitor da Ufba, Paulo Miguez de Oliveira. Além disso, estiveram presentes representantes da Prefeitura de Salvador, da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba), do Centro de Integração de Dados e Conhecimentos para Saúde (Cidacs), além da Fundação de Apoio à Pesquisa e à Extensão (Fapex), e da Companhia de Processamento de Dados do Estado da Bahia (Prodeb).

Ultimas Noticias

Remédio para cólica menstrual tem efeito para tratar esquistossomose

Um remédio amplamente utilizado para cólicas menstruais – o ácido mefenâmico (nome comercial Ponstan) – pode ser eficiente para o tratamento da esquistossomose. A...

Ação da PM no Bom Juá flagra jovem com réplica de...

Policiais militares da Operação Gêmeos prenderam um rapaz armado com uma réplica de pistola em um ponto de ônibus, situado na localidade da Jaqueira...

Mesmo na crise, cirurgia plástica aumenta 25,2%

Mesmo com a crise econômica, a quantidade de cirurgias plásticas com fins estéticos cresce no Brasil. Foi realizado no ano passado 1,7 milhão de...

Mega-Sena sorteia hoje prêmio de R$ 24 milhões

O Concurso nº 2.180 da Mega-Sena sorteia hoje (17) prêmio principal estimado em R$ 24 milhões para quem acertar as seis dezenas. Os números...
Publicidade