Biblioteca móvel movimenta programação cultural da Fligê

Habitada por riquezas naturais e localizada a 450 Km da capital baiana a cidade de Mucugê recebe, de 15 a 18 de agosto, a quarta edição do Festival Literário de Mucugê (Fligê).

Esta edição presta homenagem ao poeta Castro Alves, e a Fundação Pedro Calmon (FPC/SecultBa) está presente em mais um evento literário no estado com a Biblioteca de Extensão (Bibex). A unidade móvel leva ao público atividades lúdicas, contações de histórias, exposições biobibliográficas dentre outras ações.

O supervisor de ações culturais, Raí Santana, teceu comentários sobre a participação da Bibex no evento. “A expectativa é muito grande, porque será a nossa primeira participação na Fligê”. Ainda segundo ele, a Bibex vai levar uma exposição bibliográfica do homenageado, disponível para o público durante todo o Festival.

Além das atividades da Bibex, o público pode conferir na primeira mesa de conversa da Fligê, na sexta-feira (16), às 10h30, um bate papo com Jamille Borges, Wesley Correia e mediação do diretor geral da FPC, Zulu Araújo, sobre Afrofuturismo: o devir negro e a literatura.

A Biblioteca de Extensão (Bibex) promove diariamente atividades de incentivo a leitura ao público infantil através de projetos como o Lê Bairros e o Domingo na Praça. Outro ponto forte da Bibex é a participação da unidade móvel que circula por todo o Estado da Bahia levando as atividades à população do interior. A unidade é integrada ao Sistema de Bibliotecas Públicas da Fundação Pedro Calmon. Fundada em abril de 1965, a Bibex tem como destaque as contações de histórias e as brincadeiras lúdicas visando o incentivo a leitura.

Serviço:
O quê: Biblioteca de Extensão (Bibex) no Festival Literário de Mucugê (Fligê);
Quando: 15 a 18 de agosto. A exposição bibliográfica de Castro Alves, das 8h30 às 16h. As atividades lúdicas das 10h às 16h;
Onde: Mucugê

Ultimas Noticias

Festival de Economia Solidária é oportunidade para compras natalinas

Até o dia 23 de dezembro, a produção de cooperativas, associações e grupos produtivos de 15 territórios de identidade da Bahia é o destaque...

ALBA economizou por volta de R$70 milhões em 2019, revela Nelson...

"Demitimos muita gente. A economia foi por volta de 60 a 70 milhões de reais. Onde tinha a possibilidade de cortar, a gente fez",...

Whatsapp é principal fonte de informação do brasileiro, diz pesquisa

Uma pesquisa realizada pela Câmara dos Deputados e pelo Senado mostrou o Whatsapp como principal fonte de informação dos entrevistados: 79% disseram receber notícias...

Rui assina ordem de serviço para início das obras do VLT

Na manhã desta terça-feira (10), a Estação Ferroviária da Calçada foi palco para a assinatura da ordem de serviço para a implantação do Veículo...
Publicidade