Em Lima, Brasil bate recorde histórico com 308 medalhas

Disputado oficialmente desde 1999, os Jogos Parapan-americanos têm agora o Brasil como o dono da melhor campanha de todos os tempos: 308 medalhas, 124 ouros, 99 pratas e 85 bronzes. Essa é a quarta vez seguida que a delegação verde e amarela lidera o quadro de medalhas.

A marca anterior era do México, que em casa na primeira edição, havia conquistado 307 pódios (121 ouros, 105 pratas e 81 bronzes). “A nossa meta interna no Comitê sempre foi superar os números de Toronto. Não só em medalhas, mas queríamos estar em mais finais, trazer a maior delegação, ter mais mulheres, contar com o maior número possível de atletas de classes baixas. Sempre apostando muito nos jovens. E acho que tudo isso foi alcançado”, disse Alberto Martins, diretor técnico e chefe da missão brasileira em Lima.

A delegação brasileira ultrapassou a marca de medalhas de ouro quando Evelyn Oliveira, Mateus Carvalho e Antônio Leme, na classe BC3 da bocha, superaram o time canadense na final por 4 a 3.

Lauro Chaman, do ciclismo, bateu o recorde total de pódios. Na prova de resistência C4-5, ele foi o mais rápido completando os 80 km em 2h17m43.

Destaques

Quase metade das medalhas brasileiras veio das piscinas. A equipe da natação ficou com 127 conquistas, sendo 53 ouros. Há quatro anos, em Toronto, o Brasil conseguiu 104 medalhas, sendo 38 ouros. No Halterofilismo, o Brasil também liderou com folga o quadro de medalhas. Foram 16 medalhas, sendo seis ouros. Em Toronto, o Brasil ganhou oito medalhas na modalidade.

“A natação superou muito as nossas expectativas. Já esperávamos bastante. Mas ficou acima do que queríamos. O Halterofilismo tem uma regra muito confusa. É difícil haver uma unanimidade entre os árbitros. Há sempre uma interpretação. Por isso, acho que os nossos atletas foram muito bem.

Projeção para Tóquio 2020

Segundo o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), a delegação brasileira em Tóquio, nos Jogos Palalímpicos, terá entre 350 e 400 pessoas, sendo aproximadamente 250 atletas. “Ainda é bastante cedo para termos uma meta de resultados. Precisamos esperar os Mundiais de natação, agora em setembro, de Atletismo, no final do ano, e os próximos até Tóquio para podermos delimitar melhor os nossos adversários. Mas, é claro que a China é fortíssima. Rússia voltando é uma forte candidata à um posto no Top 5. Canadá e Estados devem ir com delegações bem diferentes dessas que estiveram aqui em Lima. Serão fortes rivais”, projeta Alberto Martins.

Nos Jogos do Rio de Janeiro em 2016, o Brasil finalizou a sua participação em oitavo, com 72 medalhas (14 ouros).

Entre vários outros, um ponto é observado com muita atenção pela equipe multidisciplinar brasileira: as medalhas de prata. “ Saímos de Lima com 99 pratas. Foram ocasiões nas quais ficamos muito perto do ouro. Queremos entender quais os detalhes que faltaram. E temos gente trabalhando para descobri-los”, completa o dirigente.

Mizael Conrado e a homenagem a André Brasil

“Foi uma campanha memorável do Brasil, em um dos Parapan-americanos mais difíceis de todos os tempos,” disse o presidente do CPB, Mizael Conrado. Em meio às comemorações, o dirigente fez questão de lembrar de um personagem do paradesporto nacional, o nadador André Brasil ( dono de 14 medalhas em Jogos Paralímpicos e quatro recordes mundiais ), que foi considerado inelegível pelo Comitê Paralímpico Internacional em abril desse ano. “ Por conta de um processo truculento, ele não pôde estar aqui. Mas estamos com ele. O talento dele, com certeza, contribuiu para que o paradesporto chegasse nesse nível. Um pedacinho de cada uma dessas medalhas também é dele.”

Ultimas Noticias

Pedidos de refúgio no Brasil podem ser feitos apenas pela internet

O Ministério da Justiça e Segurança Pública recebe, a partir deste domingo (15), exclusivamente pela internet todos os pedidos de refúgio no Brasil. Os...

Personagens de desenhos e vampiros são parte das fantasias sexuais de...

Uma pesquisa feita pelo psicólogo e sexólogo Justin Lehmiller com 4 mil americanos revelou que 25% deles têm fantasias sexuais com personagens de desenhos animados...

Pesquisadores demonstram beneficios do lítio para idosos com Alzheimer

Pesquisa desenvolvida no Brasil, em colaboração com cientistas estadunidenses, avança no entendimento dos efeitos benéficos do lítio para idosos com Alzheimer, doença que causa...

Vaso sanitário de ouro é roubado durante exposição

A polícia investiga o roubo de uma obra de arte exposta no Palácio Blenheim, em Oxfordshire, na Inglaterra, na madrugada do último sábado (14/09/2019). A peça...
Publicidade