Liberação de passaporte de Ronaldinho Gaúcho é negada pelo STF

A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou o pedido dos irmãos e ex-jogadores de futebol Ronaldinho Gaúcho e Roberto Assis para que seus passaportes fossem liberados. Segundo reportagem do UOL, os documentos da dupla estão retidos até que o pagamento referente a um processo de crime ambiental seja pago.

Ronaldinho e Assis foram condenados a pagar indenização e reverter danos acausados em áreas de preservação em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. O valor chega a R$ 8,5 milhões. Com isso, o ex-camisa 10 da Seleção Brasileira segue impedido de viajar pelo mundo para cumprir seus compromissos, que atualmente seriam sua principal fonte de renda.

Mulheres que atacaram 9 supermercados em Remanso são presas

Investigadores da Delegacia Territorial (DT/Remanso) prenderam, na sexta-feira (14), duas mulheres suspeitas de furtos em, pelo menos, nove estabelecimentos comerciais da cidade. Uma delas foi flagrada dentro...

Estudo investiga como começa e evolui o câncer de esôfago

Estudo inédito internacional sobre alterações epigenéticas de pacientes com câncer de esôfago constatou que os pacientes analisados, originários de diferentes regiões do mundo com alta incidência desse...

Cristo recebe iluminação para incentiva a vacinação contra a covid-19

O monumento do Cristo Redentor no Rio de Janeiro recebe, neste sábado (15), iluminação especial promovida pelo Movimento Unidos Pela Vacina. A ação, que acontecerá entre...

Homem matou vítimas a facadas e incendiou corpos

Suspeito de praticar dois homicídios, sendo um deles nesta última segunda-feira (10), foi preso na manhã desta sexta-feira (14), por policiais da Delegacia Territorial de Paulo Afonso,...