Mulher vende filhos gêmeos por R$ 51 mil para pagar dívidas e comprar celular

Um mulher vendeu os filhos gêmeos de apenas duas semanas de vida por 12.600 dólares, pouco mais de R$ 51 mil, para arcar com dívidas de cartão de crédito e comprar um novo celular. Os meninos foram entregues para outras famílias em setembro de 2018, mas caso apenas foi reveledado nesta semana pela polícia da província de Zhejiang, na China.

A mulher, indetificada apenas como Ma, disse à polícia que vendeu os bebês após o pai das crianças, identificado como Wu, se recusar a ajudá-la na criação das crianças. Além disso, ela disse que seus pais também não aceitaram a gravidez, por ter acontecido antes do casamento.

A mãe das crianças contou ainda que o ex-companheiro a procurou apenas quando soube que os bebês foram vendidos e pediu inclusive parte do dinheiro para pagar dívidas dele.

Cada criança foi vendida para um família diferente e após uma denúncia feita em julho, a polícia começou uma investigação para descobrir o paradeiro dos bebês. Os irmãos foram retirados de ambas as famílias e agora estão sob a guarda dos avós.

O pai e mãe das crianças foram detidos e podem ser condenado a uma pena de até 10 anos de prisão.

Ultimas Noticias

Correr na esteira (e não ao ar livre) funciona?

Regra geral a esteira da academia fica sempre em segundo plano para os corredores, comparativamente aos treinos ao ar livre – mas será que...

Motociclista assassinado com mais de 10 tiros em Camaçari

Um rapaz de 22 anos foi morto com mais de 10 tiros, no bairro de Camaçari de Dentro, na cidade da região metropolitana de...

Ponte Salvador/Itaparica: técnicos chineses fazem reuniões na Bahia

Equipes de técnicos chineses já participaram de reuniões na Secretaria de Infraestrutura do Estado nos dias 27 de janeiro e 6 de fevereiro. A...

MUDEIdeNOME arrasta grande público no primeiro dia do Carnaval de Salvador

O Movimento Musical MUDEideNOME foi a quinta atração a desfilar, no circuito Dodô (Barra/Ondina), no primeiro dia oficial do “Carnaval dos Carnavais”. Pontualmente às...