Setembro Dourado: Martagão ministra curso sobre diagnóstico precoce de câncer infantojuvenil para profissionais da rede básica do município

Martagão ministra curso sobre diagnóstico precoce de câncer infantojuvenil para profissionais da rede básica do município

A taxa de cura nos casos de câncer infantojuvenil é maior quando o diagnóstico é feito de forma precoce. É com este objetivo que o Martagão Gesteira ministrará, no próximo 27 de setembro, um curso para profissionais da Rede Básica de Saúde do município de Salvador que inclui Unidades de Pronto Atendimento (UPAS), unidades de Saúde da Família e postos de saúde. A ação ocorre no mês do Setembro Dourado, período de conscientização sobre o câncer infantojuvenil.

“O objetivo desta ação do Martagão é capacitar a rede básica do município para poder identificar precocemente o câncer infantojuvenil. O diagnóstico, quando feito na fase inicial da doença, permite um tratamento menos intensivo e maiores chances de cura”, afirma a coordenadora do setor de oncologia do Martagão, Luciana Nunes.

Ela ressalta que o câncer é raro na faixa etária pediátrica, porém de melhor prognóstico. “Ao contrário dos adultos, que tem um papel importante de medidas de prevenção, a maior arma contra o câncer infantil é mesmo o diagnóstico precoce”, frisa.

No entanto, é preciso que profissionais de saúde estejam capacitados para fazer o diagnóstico precoce em crianças, já que os sintomas costumam se confundir com doenças corriqueiras. “Caso seja diagnosticado cedo, aumentam-se as chances de cura. Essa é a nossa principal bandeira. Além disto, quanto antes for identificado, menor será a intensidade do tratamento e os efeitos colaterais a longo prazo”, acrescenta a médica.

Como a criança ainda está com os órgãos em formação, explica a coordenadora do setor de oncologia do hospital, quanto menos tratamento for necessário, menor será o impacto na saúde. Dentre os possíveis sintomas destacam-se: palidez, manchas roxas, dor na perna, caroços e inchaços indolores, perda de peso inexplicável, da barriga, dor de cabeça e sonolência.

O curso, que será realizado no Hotel Fiesta, no Itaigara, foi contemplando pelo Edital de Patrocínio Ação Infância e Vida 2018, uma das iniciativas da Confederação Nacional das Instituições de Apoio e Assistência à Criança e ao com Câncer (Coniacc), em parceria com Banco do Brasil.

No Brasil, para o ano 2018, o Instituto Nacional do Câncer (INCA) estimou 12.5 mil novos casos de câncer infantil, e 2.704 mortes. Em todo o mundo, de acordo com a Agência de Pesquisa em Câncer (Iarc), estima-se que, todos os anos, 215 mil casos são diagnosticados em crianças menores de 15 anos, e cerca de 85 mil em adolescentes entre 15 e 19 anos.

Unidades – A Liga Álvaro Bahia é mantenedora do Martagão Gesteira. Além dele, estão sob a sua tutela o Estadual da Criança, em Feira de Santana, o Centro de Referência Estadual para Pessoas com Transtorno do Espectro Autista (Crea-Tea) e o Sokids, cuja renda é revertida para o Martagão, que realiza, por ano, 500 mil atendimentos e 80 mil pacientes.

Governo da Bahia abre dez novos leitos de UTI para Covid-19 em Juazeiro

O Governo da Bahia abriu nesta segunda-feira (3), no Hospital Regional de Juazeiro (HRJ), no norte do estado, dez novos leitos de UTI dedicados ao tratamento de...

“Bala de prata” contra covid-19 pode nunca existir, alerta OMS

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou nesta segunda-feira (3) que, embora exista grande esperança em torno de uma vacina contra a covid-19, pode nunca haver uma...

Simões Filho registra 1.328 casos da Covid-19

Simões Filho registra 1.328 casos da Covid-19, de acordo com o Boletim Epidemiológico divulgado neste domingo (02). O poder público municipal segue desenvolvendo ações de combate ao...

Covid-19 matou 94,1 mil pessoas no Brasil desde o início da pandemia

Mais 541 pessoas morreram por causa da covid-19 no Brasil, conforme registros oficiais neste domingo (2). Com isso, o total de mortos chega a 94.104 desde março...