PP mira Salvador e quer eleger 120 prefeitos no ano que vem

O Partido Progressista realizou seu encontro estadual nesta segunda (30/09) e filiou 35 prefeitos. Com isso, a sigla comandada pelo vice-governador João Leão passa a ter 91 gestores. Com esses números positivos, fica atrás apenas do PSD do senador Otto Alencar, que conta com 99 prefeitos na Bahia. Porém, deve receber mais seis gestores municipais.

O objetivo nas eleições do ano que vem, de acordo com o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, deputado estadual Nelson Leal, é “eleger 120 prefeitos”.

“Pelo auditório superlotado dá pra sentir a pulsação e a força do partido, que está se organizando para disputar as eleições do ano que vem em todos os 417 municípios da Bahia, seja com candidato próprio a prefeito ou apoiando o candidato de partidos aliados. Nossa meta é eleger, no mínimo, 120 prefeitos nas eleições de 2020”, discursou Leal.

Já Leão, também destacou que Salvador, onde o deputado estadual Niltinho é o pré-candidaro, é o principal alvo da legenda.

“Os Progressistas nunca foram grandes em Salvador. Chegou a hora do interior caminhar na capital. E agora nós vamos ganhar as eleições nos interiores e também em Salvador. Nós não estamos brincando de fazer política, não”, disse o dirigente partidário.

“Niltinho não pode estar presente neste ato, mas foi devidamente representado por seus amigos, correligionários e demais lideranças. Será o nosso nome para disputar o comando de Salvador”, confirmou o deputado federal Cacá Leão.

O PP integra a base de sustentação política do governador Rui Costa e conta com quatro deputados federais e dez estaduais

Últimas Noticias

Motorista por aplicativo se recusa a levar encomenda do tráfico e é morto em Águas Claras

Um motorista por aplicativo foi morto por traficantes da quadrilha do chefão de Águas Claras, conhecido como Jhá, no...