Canabinoide pode ser efetivo para combater fase inicial do Alzheimer

Testes em animais feitos no Instituto de Ciências Biomédicas (ICB) da USP revelaram que o agonista canabinoide ACEA recupera o prejuízo de memória e evita a morte de neurônios. O estudo foi feito em modelos que simulam o início da doença. Agonistas canabinoides são substâncias quimicamente semelhantes aos compostos extraídos da maconha e aos endocanabinoides (produzidos naturalmente pelo corpo humano).

O Alzheimer é uma doença neurodegenerativa cujas causas ainda representam um desafio para a ciência – 95% dos pacientes têm o tipo esporádico da doença, que aparece por motivos desconhecidos, enquanto os outros 5% são de origem genética. Pesquisadores do ICB utilizaram um composto canabinoide feito em laboratório, o ACEA (Araquidonil-2′-cloroetilamida), para tratar animais com Alzheimer e verificaram que os danos de memória são recuperados. O artigo foi publicado na revista científica Neurotoxicity Research.

A coordenadora do estudo, professora Andréa da Silva Torrão, do Departamento de Fisiologia e Biofísica do ICB, explica que a intenção era estudar a fase inicial da doença. Atualmente, a hipótese mais aceita entre os pesquisadores é que o acúmulo do peptídeo beta-amiloide no cérebro está relacionado ao Alzheimer – assim, outros estudos costumam induzir diretamente o aumento desse peptídeo. No entanto, segundo Andréa, há pesquisas que indicam que nem sempre a proteína está relacionada à doença.

No nosso caso, injetamos a droga estreptozotocina (STZ) no cérebro dos animais para simular a condição. A substância provoca uma deficiência no metabolismo dos neurônios, o que poderia preceder a deposição do beta-amiloide”, explica a professora. Em seguida, o grupo aplicou nos animais um teste de memória: o teste de reconhecimento de objetos. “O rato é naturalmente curioso e explora tudo. Quando colocamos um objeto novo, os animais controle percebem e exploram mais aquele local. Já os ratos com Alzheimer continuam explorando todo o ambiente por igual”. O teste é repetido uma hora depois e também no dia seguinte, para avaliar a memória de curto e longo prazo.

Torta de liquidificador é a pedida certa para um lanche rápido

Que tal aproveitar o lanche da tarde com uma receita muito fácil de fazer e extremamente saborosa? Torta salgada! E você usar sua criatividade e fazer o...

Vegan têm 43% mais probabilidade de sofrer fraturas ósseas, mostra estudo

De acordo com um novo estudo, pessoas que seguem uma dieta vegan podem ter uma probabilidade significativamente maior de desenvolver fraturas ósseas do que os carnívoros. O...

Vegan têm 43% mais probabilidade de sofrer fraturas ósseas, mostra estudo

De acordo com um novo estudo, pessoas que seguem uma dieta vegan podem ter uma probabilidade significativamente maior de desenvolver fraturas ósseas do que os carnívoros. O...

Black Friday: advogada dá 10 dicas para realizar uma compra segura

Faltando poucos dias para a Black Friday, que ocorrerá nesta sexta-feira, 27, a advogada Cristiana Santos, especialista em direito do consumidor e ex-superintendente do Procon/BA, dá algumas...