Uber começa a operar nesta quinta (7) em Salvador

O polêmico aplicativo Uber anunciou que começa a operar nesta quinta (7), 14h, em Salvador, mesmo com a Prefeitura se posicionando contra. O serviço já está presente em 10 capitais brasileiras e mais de 400 cidades de 70 países.

uber
Em março, durante entrevista coletiva, o secretário de Mobilidade, Fábio Mota, afirmou que o Uber é clandestino. “(Ele) será combatido como outros transportes clandestinos que atuam em Salvador. Estamos prontos para fazer o enfrentamento, tendo em vista que o Uber não é regulamentado e não passa por uma vistoria”, disse.

O diretor de comunicação da empresa, Fábio Sabba, informou que o valor mínimo da corrida será de R$ 6 e deverá ser pago apenas com cartão de crédito cadastrado no aplicativo. “O preço inicial da corrida será de R$ 2,50, o valor do Km rodado será de R$ 1,21 e o preço cobrado por minuto no veículo será de R$ 0,20”, explicou. Nos táxis convencionais da capital, o preço da bandeirada é de R$ 4,81, a bandeira 1 custa R$ 2,42 por km rodado, e a bandeira 2 R$ 3,38.

O Uber é um aplicativo de celular que conecta uma pessoa a um motorista particular, que, por sua vez, realiza o serviço do táxi. Os carros são pretos e há vários itens de conforto para os passageiros, como bebidas e doces. Os motoristas usam roupas sociais e abrem a porta para a pessoa entrar. A semelhança com os táxis é que o serviço também cobra bandeira, quilometragem e taxa por minuto parado. Os taxistas afirmam que o serviço é clandestino e estão buscando no campo jurídico meios para impedir o funcionamento do aplicativo na Bahia: “A gente vai trilhar pelo caminho da legalidade e dia 21 vamos a Câmara Municipal de Vereadores. Esperamos que o senhor prefeito ACM Neto atenda as reivindicações dos taxistas. Não podemos aceitar a marginalidade. Se o Uber é ilegal, então é marginal”, acusou Gilberto. De acordo com um anúncio no Facebook, o pré-cadastro é gratuito e, para ser um condutor Uber, o candidato tem que ter pelo menos 21 anos de idade, CNH com observação de atividade remunerada, seguro para passageiros e passar por uma verificação de antecedentes criminais. Além disso, o veículo precisa estar em ótimo estado e ter pelo menos quatro portas. É solicitado também um celular de última geração.

Últimas Noticias

Adolescente é sequestrado em “paredão” em Paripe e executado à bala

Um adolescente de 17 anos foi morto na noite de domingo (24/10), no bairro de Paripe, subúrbio ferroviário de...