Policlínica Regional de Saúde é inaugurada por Rui e Dinha em Simões Filho

A décima quinta Policlínica Regional de Saúde do Estado, primeira da Região Metropolitana de Salvador, foi inaugurada nesta sexta-feira (29/11), em Simões Filho. A partir de segunda-feira (2), serviços ambulatoriais especializados e exames de alta complexidade estarão à disposição para os cerca de 785 mil baianos que moram nos municípios de Camaçari, Conde, Dias D’Ávila, Lauro de Freitas, Mata de São João e Simões Filho. Também foram entregues oito ambulâncias, cinco micro-ônibus e um Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), anexo à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no município.

De acordo com o governador Rui Costa, a melhor política pública de saúde é a prevenção e o diagnóstico precoce. “Saúde é quando a população é saudável, ou não tem doença, ou descobre a doença cedo, a tempo de tratar. É isso que eu quero que a população faça, procure os postos de saúde. Os exames necessários serão solicitados pelo médico e o município vai marcar esses exames e levar os pacientes, sem filas, no micro-ônibus, para fazerem os procedimentos na Policlínica”, explicou.

Prefeito de Simões Filho, Dinha Tolentino destacou o trabalho conjunto do município com o estado, além dos parlamentares que representam cidade.

“Mais dois equipamentos que chegam para somar nas atividades de promoção à saúde da nossa gente e anualmente serão investidos cerca de R$1,8 milhão para o funcionamento dos dois equipamentos. Uma conquista simõesfilhense, fruto da determinação pela construção de uma nova Simões Filho e do diálogo contínuo, com as esferas de poder federal e estadual, que contou com o apoio do nosso deputado federal Paulo Azi e deputada estadual Kátia Oliveira”, disse Dinha.

Estrutura e especialidades

Com investimento superior a R$ 20 milhões, entre obras, equipamentos e micro-ônibus, a nova Policlínica Regional de Saúde foi instalada em um prédio onde funcionava outro órgão do Governo do Estado. Na unidade irão trabalhar 106 profissionais. São médicos, enfermeiros, psicólogo, farmacêutico, nutricionista, ouvidor, assessores técnicos, assistente social, técnicos em enfermagem, técnicos em radiologia e assistentes administrativos.

No edifício de três pavimentos, os pacientes terão acesso a uma variedade de especialidades médicas, a exemplo de angiologia, cardiologia, endocrinologia, gastrenterologia, neurologia, ortopedia, oftalmologia, otorrinolaringologia, ginecologia/obstetrícia, mastologia e urologia. Também serão oferecidos diversos exames, como ressonância magnética, tomografia, mamografia, ultrassonografia com doppler, ecocardiografia, ergometria, mapa, holter, eletroencefalograma, eletromiografia, raio-X, eletrocardiograma, endoscopia, colonoscopia, entre outros.

O diretor geral da Policlínica em Simões Filho, Fernando Failla, informou que a unidade é a primeira a oferecer o serviço de densitometria óssea. “Esse exame é realizado para medir a condição óssea das pessoas. A nossa ressonância magnética também está preparada para fazer um exame de coluna e de corpo inteiro”, ressaltou.

Aos 25 anos, o atendente William França tem, na Policlínica, a sua primeira oportunidade de emprego formal. “Eu procuro emprego há muito tempo, desde que eu completei 18 anos. Estudei bastante, fiz essa seleção e conquistei a tão sonhada aprovação. Hoje, eu me sinto honrado em trabalhar para o Estado, fazendo parte do SUS, melhorando o atendimento ao cidadão. Eu sinto que esse é um degrau muito importante na minha vida”.

Últimas Noticias

ICMBio lança concurso com 171 vagas e salários de até R$ 8 mil

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) abre concurso para técnico e analista ambiental, com salários que...