“Quem vai ficar com Mary?”: Cortejado, PDT prepara filiação de Leo Prates com presença de Ciro e Marina

O ato de filiação do deputado estadual licenciado Leo Prates ao PDT (Partido Democrático Trabalhista) contará com as presenças dos ex-presidenciáveis Ciro Gomes e Marina Silva (Rede), além do presidente nacional da sigla, Carlos Lupi. De acordo com a fonte do Informe Baiano, o dia do evento, que poderá acontecer em clima de lançamento de campanha para prefeito de Salvador, ainda está sendo discutido internamente na legenda.

Enquanto isso, o PDT não para de ser cortejado e a história lembra até um filme do final da década de 90 intitulado “Quem vai ficar com Mary?”, que também recebeu no Brasil o nome “Doidos por Mary”. No longa metragem estrelado por Cameron Diaz, os galãs Matt Dillon, Ben Stiller, Lee Evans e Chris Elliott são apaixonados pela mulher e disputam seu amor. É o mesmo caso do PDT, um partido limpo, leve e que teve um candidato à presidência com mais de 20% dos votos em todo país.

Angelo Coronel, senador do PSD, conversará com o presidente do partido, Félix Mendonça Júnior, essa semana. Bacelar, do Podemos, já tentou agendar conversas, mas ainda não conseguiu. É o mesmo caso do “Bonitão”, só no apelido, João Leão. Isidório, do Avante, até tentou ensaiar uma ligação para o seu colega deputado federal, mas recebeu o aviso de um assessor: “Nem tente”. Bruno Reis, por sua vez, não economiza elogios aos integrantes do sigla. Lídice já avisou que PSB e PDT tem pautas que se complementam.

Nos bastidores, os políticos tentam entender os planos do partido. Há pelo menos três fatores que valem a pena serem questionados.

1: A ida de Leo Prates é uma estratégia de ACM Neto para levar o PDT para sua base?
2: Leo Prates realmente deseja ser candidato, pois em outras siglas, a exemplo do DEM, não teria as mesmas condições?
3: Trata-se realmente de uma estratégia do partido para aumentar sua bancada e quem sabe, eleger novamente um prefeito da capital baiana?

Com Leo Prates candidato, a expectativa é que o PDT conquiste 4 vagas na Câmara Municipal de Salvador. Mas há também movimentos que apontam que o secretário municipal de Saúde pode ser vice de Bruno Reis, pré-candidato do Democratas. Porém, o presidente do partido na Bahia sustenta que não há conversas nesse sentido com ACM Neto, prefeito da capital e presidente nacional do Democratas.

Nesta quarta-feira (29/01), por meio das redes sociais, Leo Prates anunciou que o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) autorizou sua desfiliação ao Democratas.

Últimas Noticias