“Agressão e feminicídio não combinam com amor”, diz prefeito de Simões Filho

Em Simões Filho, cidade da Região Metropolitana de Salvador (RMS), discurso forte do prefeito Dinha Tolentino contra o feminicídio marca abertura dos trabalhos legislativos 2020.

O encontro aconteceu na manhã desta terça-feira (18), na Câmara de Vereadores e, durante fala, o prefeito alertou aos simõesfilhense, sobre a necessidade de quebrar o silêncio.

“Não podemos silenciar! Precisamos respeitar o ser humano, nas suas individualidades. Não podemos aceitar que as mulheres sejam agredidas e que a cultura do medo se perpetue na nossa sociedade. Agressão e feminicídio não combinam com amor. Denuncie!”, destacou Dinha.

O município, por meio da Secretaria Municipal de Políticas Pública para Mulheres (SPM), com o apoio do Centro de Referência em Atendimento à Mulher (Cram) – Nilda Fiúza, criado na atual administração, disponibiliza diariamente serviços de apoio, acolhimento e orientação às mulheres, continuando para quebra do silêncio e o fortalecimento da rede de proteção.

O CRAM disponibiliza uma equipe técnica, com psicólogas, advogadas e assistentes sociais, além do suporte da Polícia Militar, com a Ronda Maria da Penha.

Carga de carne roubada em Correntina é recuperada e quatro são presos

Investigadores da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas em Rodovias (Decarga/Feira de Santana) prenderam quatro homens com uma carga de 22 toneladas de charque...

Osba e Léo Santana participam da programação da Hemoba no Dia Nacional do Doador de Sangue

O cantor Léo Santana e a Orquestra Sinfônica da Bahia (Osba) se unem à campanha “Somos Todos do mesmo Sangue”, da Fundação Hemoba e mais 16 hemocentros...