Desconfiada, major Denice nega movimento político-partidário: “não sou pré-candidata do PT”

Em evento com o governador Rui Costa, nesta segunda-feira (09/03), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), a major Denice Santiago foi questionada pela maioria dos veículos de comunicação sobre a possibilidade de ser candidata a prefeita de Salvador. Desconfiada, assustada e ao mesmo tempo reativa, demonstrou que política, pelo menos ainda, não é sua praia.

Ao Informe Baiano, afirmou que “não sou pré-candidata do PT”, mas afagou o “partido maravilhoso com 40 anos de história e tradição”, que “tem a sua regulamentação e ele vai escolher a sua pré-candidata, o seu pré-candidato, a partir do seu formato, da sua estrutura de escolha, de seleção, com suas regras próprias. E como militar também, é meu dever respeitar as regras de todos os espaços”.

Embora tenha participado de alguns encontros com vereadores, a exemplo de Luis Carlos Suica e Marta Rodrigues, Denice negou qualquer diálogo político.

“Não estou tendo nenhum movimento político-partidário porque a lei me proíbe, enquanto policial militar da ativa, de estar atuando com vínculo ou filiação com características político-partidárias. Eu tenho amigos, muitos amigos e converso com esses amigos sempre e a todo tempo, e aprendo com esses amigos sempre”, pontuou a oficial, que acrescentou.

“Eu não avalio ainda nenhum desses projetos. Hoje, a minha missão é comandar a Ronda Maria da Penha, enquanto major da Polícia Militar e é isso que eu tenho feito”, concluiu major Denice.

Bahia registra 4.049 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 4.049 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +1,0%) e 3.105 recuperados (+0,8%). Dos 416.734 casos confirmados desde o...

Na Goméia de São Caetano, traficantes comemoram soltura de líder de facção

Os traficantes da Goméia de São Caetano, em Salvador, estão em festa nesta sexta-feira (04/12). O motivo é inacreditável: o líder da facção Bonde do Maluco (BDM),...