Cerco ao Bonde do Maluco: líder da facção é preso na capital e comparsa morto em Berimbau

Policiais da 20ª Companhia Independente e da Operação Apolo conseguiram capturar na tarde desta terça (01/11) um dos principais líderes da facção criminosa Bonde do Maluco na Bahia. Leleco, como é conhecido, foi preso na região do CIA Aeroporto com cinco quilos de pasta base de cocaína, 15 quilos de maconha e ainda R$7 mil. Um carro também foi apreendido.

Horas antes, por volta de 10 horas da manhã, as guarnições trocaram tiros com um comparsa de Leleco, conhecido como Teti, que atuava na cidade de Berimbau. O traficante foi baleado no confronto e chegou a ser socorrido para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Na mesma operação, foram detidos um maior e um menor de idade.

Em contato com o Informe Baiano, uma fonte revelou que Leleco era apontado como chefe da quadrilha nas cidades de Teodoro Sampaio, Berimbau e Terra Nova. O traficante também dominava algumas localidades das cidades de Salvador e Simões Filho.