“Chicleteiro do Nordeste”, técnico de enfermagem morre de coronavírus e causa comoção; Bahia registra 50 óbitos

Técnico de enfermagem do Hospital Santo Antônio, que pertence as Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), Antônio César Ferreira Pitta de Jesus, 48 anos, morreu de coronavírus na manhã desta quarta-feira (22/04). Conhecido como ‘Cesinha Chicleteiro’ e morador da localidade da ‘Olaria’, no Nordeste de Amaralina, ele passou mal em casa e foi socorrido para o Hospital Couto Maia.

De acordo com amigos da vítima em contato com o Informe Baiano, Cesinha sofreu duas paradas cardíacas na unidade médica e a morte surpreendeu devido ao seu bom histórico de saúde. O trabalhador, que era adepto de atividades físicas, tinha uma rotina tranquila, mas era diabético.

Ainda de com os amigos, “o Nordeste está de luto”. Vizinhos lamentam ainda o fato de não poderem comparecer ao enterro, devido as recomendações das autoridades sanitárias. “Ele era fã do Chiclete, gostava também de curtir o Olodum. Um cara do bem mesmo. Vá com Deus, Cesinha”, desejou os amigos em menagem enviada ao IB.

Boletim do coronavírus na Bahia

A morte de Cesinha não está incluída ainda no balanço oficial do governo baiano. A Bahia registra 1.644 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19) e 50 óbitos nos municípios de Água Fria (1); Adustina (1); Araci (1); Belmonte (1); Capim Grosso (1); Feira de Santana (1); Gongogi (2); Ilhéus (3); Ipiaú (1); Itabuna (1); Itagibá (1); Itapé (1); Itapetinga (1); Juazeiro (1); Lauro de Freitas (5), um dos óbitos era residente no Rio de Janeiro; Salvador (24); Uruçuca (2); Utinga (1); Vitória da Conquista (1). Os números contabilizam todos os registros de janeiro até as 12 horas desta quarta-feira (22). Dos casos confirmados, 198 são profissionais de saúde.

O 49º óbito ocorreu ontem (21/04) em um hospital público da capital. O paciente era um homem de 62 anos, residente em Capim Grosso, com histórico de doença cardiovascular e pneumonia crônica.

A 50ª morte foi de uma mulher de 97 anos, com histórico de hipertensão, Parkinson e Alzheimer. A paciente estava internada desde 17 de abril em um hospital público da capital e veio a falecer ontem (21).

Ao todo, 388 pessoas estão recuperadas e 165 encontram-se internadas, sendo 61 em UTI. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

Vendas do comércio sobem 6,1% no fim de semana da Black Friday

As vendas em lojas de rua e shopping centers...

Investimentos na Baía de Todos-os-Santos são apresentados em fórum da Ademi

Com uma apresentação sobre investimentos públicos na Baía de...

ACM Neto recebe as visitas de Colbert Martins e Herzem Gusmão

Em um encontro marcado pela descontração, o prefeito ACM...