Transexual é morta por namorado que não aceitava fim do relacionamento; acusado é preso

Em menos de uma semana, a 17ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Juazeiro) elucidou o homicídio da transexual Fernanda de Souza Paiva, vítima de golpes de arma branca, no município de Sobradinho, no domingo (03/05).

Equipes da 17ª Coorpin e da 1ª Delegacia Territorial (DT), de Juazeiro, cumpriram o mandado de prisão do suspeito da morte de Fernanda, no sábado (9), naquela cidade. Ela trabalhava como cabelereira em Sobradinho.

De acordo com o titular da DT/Sobradinho Barcos Aira, o ex-companheiro da vítima não aceitou o término do relacionamento. “Ele teria sido mandado embora por Fernanda, por não contribuir com as despesas da casa”, explicou.

O suspeito também era investigado pela prática de tráfico de drogas e crimes contra o patrimônio, em Juazeiro. Ele foi submetido a exames de lesões corporais e será encaminhado para o sistema prisional.

Últimas Noticias

Criança de 5 anos atingida por tiros em bar no Subúrbio não resiste

Uma criança de apenas 5 anos foi baleada em um bar, na última quarta-feira (15/09), no bairro de Fazenda...