Brotas e Cosme de Farias terão ações mais restritivas

Além de Liberdade, Lobato, Bonfim e Plataforma, já em vigor, mais dois bairros vão receber as ações regionalizadas da Prefeitura para combate ao coronavírus em Salvador, devido ao alto número de casos apresentados e o relaxamento no isolamento social: Brotas e Cosme de Farias. O anúncio foi feito pelo prefeito ACM Neto em coletiva virtual ocorrida nesta quarta-feira (20). Na ocasião, também foi informado o balanço das medidas na Pituba, cujo período de ações mais restritivas termina hoje (20).

As medidas nessas duas novas localidades serão iniciadas a partir de sexta-feira (22) e terão validade por sete dias. Os dois bairros foram escolhidos por apresentarem números preocupantes: neste mês de maio, Brotas teve 75 casos positivos para Covid-19, enquanto Cosme de Farias registrou 35. Apenas os últimos sete dias, foram 15 novos casos confirmados para cada um destes locais.

Assim como nos demais bairros com medidas regionalizadas, todo o comércio formal e informal deverá estar fechado. A exceção é aplicada a supermercados, farmácias, agências bancárias, lotéricas, estabelecimentos que fazem delivery, cartórios, repartições públicas, clínicas veterinárias, serviços de imagem e radiologia, atendimento de tratamento contínuo (oncologia, hemoterapia, hemodiálise) e laboratórios de análise clínica.

As medidas de proteção à vida vão englobar testes rápidos para detectar pessoas com a Covid-19, distribuição de máscaras, entrega de cestas básicas a ambulantes e feirantes, combate ao mosquito Aedes Aegypti, higienização de vias e o projeto Cras Itinerante. Não haverá restrição no tráfego de veículos nessas localidades.

O prefeito explicou que as ações mais restritas nos bairros têm dado certo e visam diminuir a velocidade da transmissão dos casos, oferecendo também suporte às pessoas mais necessitadas nas localidades. Durante a coletiva, ele deu uma boa notícia: a taxa de transmissão do novo coronavírus na capital baiana caiu para 5,7% ontem, o que é um efeito direto dessas medidas adotadas pelo município.

“Pela primeira vez, registramos um índice abaixo dos 6%, para que a gente tenha um pouco mais de conforto, principalmente na redução da velocidade do número de casos e ocupação dos leitos clínicos e de UTI na cidade. Isso mostra que as medidas realizadas nas regiões começam a surtir efeito”, destacou.

Balanço – Na Pituba, durante os sete dias de medidas, que terminam hoje (20), foram realizados 480 testes rápidos, com a identificação de 45 casos positivos. A Prefeitura promoveu, ainda, a distribuição de 4.388 máscaras, 113 aferições de temperatura, 26 abordagens a pessoas em situação de rua e quatro acolhimentos e higienização de 142 vias.

O comércio na Pituba deve, a partir desta quinta (21), deve seguir as regras que valem para toda a cidade e que estão em vigor até o dia 6 de junho, a exemplo do uso obrigatório de máscaras para trabalhadores e clientes, disponibilização de álcool em gel 70%, higienização dos ambientes e distância mínima de 2 metros entre as pessoas. No caso das lojas acima de 200 metros quadrados autorizadas a funcionar, só será permitida a presença de uma pessoa a cada 9 metros quadrados.

“Consideramos o resultado das ações na Pituba bastante positivo, porque já não figura mais entre os bairros que apresentam grande número de casos. Ontem mesmo, foi registrado apenas um novo caso confirmado. É claro que a redução só deve aparecer de fato nas próximas duas semanas, mas a expectativa é de que os números continuem baixos”, afirmou ACM Neto.

Testes rápidos – Na coletiva, o prefeito também anunciou a chegada de mais 35 mil testes rápidos, que serão aplicados também nos trabalhadores que estão na linha de frente do combate ao coronavírus. Disse ainda que a gestão vai continuar no processo de aquisição de mais unidades para ampliar os locais e testagem da população. Os testes rápidos, segundo o gestor, têm sido uma das formas mais eficientes que contribuem para a redução da curva de transmissão da Covid-19.

Sobre uma possível mudança na forma de testagem, ACM Neto ressaltou que o modelo adotado até o momento pela Prefeitura vai permanecer o mesmo. “Resolvemos manter o modelo já adotado de testagem, por entender que a situação da fila registrada na Praça Ana Lúcia Magalhães, na Pituba, foi uma situação pontual e que, agora, teremos seis pontos de testagem em regiões diferentes da cidade, além das blitze que estão sendo realizadas”, completou.

Últimas Noticias

Ação rápida da PM recupera armas furtadas da agência do Bradesco de Dias D’Ávila

Uma ação rápida da Polícia Militar recuperou, na madrugada deste domingo (14), armas que foram furtadas da agência do...