Bombeiros distribuem máscaras e álcool no Centro de Abastecimento de Feira de Santana

O Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA) realizou, nesta quarta-feira (20), a distribuição de 10 mil máscaras de tecido reutilizáveis e 6 mil litros de álcool a 70% para comerciantes do Centro de Abastecimento de Feira de Santana. O objetivo é oferecer mais segurança para as atividades de comércio realizadas no local, devido à pandemia do novo Coronavírus. A ação segue até quinta-feira (21) e faz parte da força-tarefa coordenada no estado pelas secretarias do Planejamento (Seplan), Desenvolvimento Econômico (SDE) e Desenvolvimento Rural (SDR).

“Esta ação é muito importante no sentido de evitar que o local seja foco de transmissão da Covid-19. Este é um centro importante para o abastecimento das famílias, então a distribuição destes itens fortalece o combate ao Coronavírus, ao tempo em que oferece mais segurança tanto para os comerciantes como para os clientes”, destaca o secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro.

Segundo a major BM Laísa Garcia Nonato, que está respondendo pelo comando do 2º Grupamento de Bombeiros Militar, 16 bombeiros militares participaram da distribuição. “Estamos realizando esta ação de forma coordenada com a associação dos comerciantes do Centro de Abastecimento. Nossa orientação foi no sentido deles continuarem trabalhando normalmente, enquanto realizamos a ação de distribuição dos materiais, para que não haja nenhuma aglomeração ou filas”.

As máscaras distribuídas foram adquiridas a partir de um edital da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à SDR. De acordo com o secretário da SDR, Josias Gomes, o propósito é promover, dentro do que foi determinado pelo Governo do Estado, condições de saúde e higiene para que o centro de abastecimento de Feira de Santana e as feiras que estão ocorrendo em todo estado tenham os equipamentos de proteção.

“Queremos ajudar para que essa atividade tão importante aconteça dentro dos protocolos que a Secretaria de Saúde determina. Por isso, nosso esforço para que essas feiras aconteçam dentro das condições sanitárias estabelecidas, como distanciamento, barracas padronizadas e equipamentos de segurança, que incluem a doação de máscaras, de 10 milhões de máscaras, produzidas pelos 603 empreendimentos que foram habilitados pelo edital da CAR”, afirma Josias Gomes.

Últimas Noticias

Relato de oficial de Justiça diz que presidente da Câmara se recusou a receber intimação

Relato feito pela oficial de Justiça Cynthia Juliana Pinto, responsável por entregar à Câmara Municipal de Salvador, a intimação...