PSL divulga nota sobre “suposta invasão” de Capitão Alden ao Hospital Riverside

A Direção do PSL baiano divulgou nota sobre a polêmica envolvendo o Capitão Alden e a Secretaria Estadual de Saúde, que acusou o deputado, filiado ao partido, de invadir um hospital na região metropolitana de Salvador, nesta quarta-feira (17/06). A sigla trata o caso como “suposta invasão” e pede “cautela, respeito e cuidado com pacientes”. Veja abaixo o comunicado oficial assinado pelo Secretário-Geral do PSL na Bahia, Alberto Pimentel.

NOTA À IMPRENSA/PSL

Nesta quarta-feira (17), foi divulgada, em veículos de comunicação da Bahia e nacionais, notícia que reporta uma suposta invasão do deputado estadual Capitão Alden (PSL) ao hospital de campanha de combate ao Coronavírus instalado no Hotel Riverside, em Lauro de Freitas.

Como se trata de parlamentar filiado ao PSL, seguem os esclarecimentos:

1) A executiva estadual do PSL não apóia ações de invasão a hospitais ou qualquer ato arbitrário, seja por parlamentares ou quaisquer outros filiados à sigla.

2) É prerrogativa do parlamentar fiscalizar as ações do Poder Executivo. Entretanto, principalmente nesse momento de pandemia da Covid-19, é necessário cautela, respeito e cuidado com pacientes internados e com profissionais que trabalham nas unidades de saúde.

Estas ações de fiscalização ostensiva diretamente em locais públicos cabem aos órgãos competentes: Ministério Público, Tribunal de Contas e Polícias, dentro de um procedimento legal.

Salvador, 17 de junho de 2020
Alberto Pimentel
Secretário-Geral do PSL na Bahia

Últimas Noticias

Semifinalistas da Copa do Brasil, Fortaleza e Athletico se enfrentam no Ceará

Semifinalistas da Copa do Brasil, Fortaleza e Athletico-PR se enfrentam neste sábado pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. A...