VÍDEO! Travesti recusa “fetiche muito louco” e é espancada por médico “bonitão”

Uma travesti de 24 anos se recusou a fazer o “fetiche muito louco” de um médico e acabou espancada dentro de um motel, na noite de terça-feira (13/07). O caso aconteceu durante um programa, em Aparecida de Goiânia, no estado de Goiás. A vítima gravou parte das agressões e prestou queixa contra o homem, que “já tem fama de agressão”. No vídeo, a vítima não detalha o tipo de fetiche. Assista abaixo!

O acusado de 39 anos foi preso em flagrante. A vítima disse em depoimento que decidiu interromper o atendimento e enquanto se vestia para ir embora, foi agredida. Ela teve o nariz quebrado e ainda levou um corte no supercílio, além de outros ferimentos no rosto. O boletim de ocorrência pontua que o médico quebrou uma televisão e a porta da suíte. Na portaria, enquanto fazia imagens, a vítima ainda quase leva chutes do acusado.