Porque Jurailton Santos pode ser vice de Bruno Reis? Articulação beneficia Tiago Correia

Considerado um dos partidos mais fortes da base do prefeito ACM Neto, o Republicanos já anunciou que não abre mão da indicação do vice-prefeito na chapa comandada por Bruno Reis, em Salvador.

Nesta segunda-feira (27/07), o presidente da legenda, deputado federal Márcio Marinho, fechou acordo para seguir unido em um bloco com mais quatro partidos. São eles: MDB, PSC, PTB e Solidariedade. Conforme uma fonte do Informe Baiano o parlamentar citou durante a reunião alguns nomes para a empreitada, entre eles, o vereador Geraldo Júnior e o ex-deputado Manassés.

Porém, a intenção de Marinho e do Republicanos é indicar para vice-prefeito o deputado estadual Jurailton Santos, que é secretário estadual da Juventude do partido. Com perfil conciliador e considerado bom cumpridor de acordos, o parlamentar vem se destacando na Assembléia Legislativa da Bahia (ALBa) na luta contra o suicídio e mutilações, além da defesa intransigente da família e dos direitos humanos. Jurailton também atua na defesa do consumidor, onde regularmente dispara críticas contra a Embasa e Internacional Marítima (administradora do sistema Ferry Boat).

A articulação, conforme ainda a fonte do IB, conta com o apoio do PSDB, pois efetivaria o suplente Tiago Correia no cargo de deputado estadual. Com isso, o tucano, que não deseja disputar as eleições desse ano e é homem de confiança de ACM Neto, não seria mais candidato a vereador.

E como ficaria o MDB e Geraldo Júnior?

O partido comandado por Alexsandro Futuca e Geraldo Júnior, presidentes estadual e municipal, respectivamente, ganharia o apoio do Republicanos na eleição da Câmara Municipal de Salvador (CMS) no ano que vem. A expectativa é que a legenda presidida por Marinho consiga eleger 4 vereadores para a próxima legislatura da CMS. Com isso, o bloco já somaria 12 votos (4 Republicanos, 3 MDB, 2 PSC, 2 PTB e 1 SD). Também teria uma grande possibilidade de contar com o apoio do PSDB, que almeja quatro cadeiras. Ou seja, a reeleição de Geraldo Júnior na CMS pode estar com meio caminho andado.

Últimas Noticias