Em reunião com Bruno Reis, Geraldo Júnior reafirma articulação para decidir futuro nas eleições

O presidente da Câmara de Salvador, vereador Geraldo Júnior (MDB) recebeu a visita, na manhã desta quarta-feira (12), do vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM). O encontro ocorreu na sala da presidência, no Paço Municipal.

Dos diversos assuntos tratados sobre projetos da retomada econômica da cidade, ambos debateram sobre a futura composição política nas eleições deste ano. Reis é pré-candidato a prefeito na chapa indicada por ACM Neto (DEM) e Geraldo é cotado a vice do democrata.

Bruno confirmou o teor político da conversa, mas não entrou em detalhes. Reforçou, mais uma vez, a prerrogativa dada ao atual presidente do legislativo soteropolitano para escolher, como desejar, qual será seu movimento eleitoral: se aceitará a vice ou tentará reeleição a vereador.

“A visita de Bruno foi uma cortesia do vice-prefeito, preocupado com a situação do município e na busca de debater articulações futuras que a cidade deve tomar em prol do povo”, disse Geraldo.

“Sobre a questão política, tudo será discutido no tempo certo. Minha decisão ainda não foi tomada, mas reafirmei a posição de, caso não assuma o desafio da vice, devo indicar um nome do Republicanos. Mas tudo isso será decidido nos próximos dias”, completou.

Óleo de coco no cabelo? Fique a par dos benefícios

Não, por vezes não precisa de um produto inacessível para tratar do seu cabelo. Devido à sua capacidade de hidratar, nutrir e prevenir a perda de proteína,...

Prodetur Bahia conclui formação da rede de empreendedores da Baía de Todos-os-Santos

Uma live na noite desta quarta-feira (5) marcou o encerramento do Projeto Rede de Turismo da Baía de Todos-os-Santos (RBTS), que reúne mais de 200 empreendedores da...

Cursos de música do TCA abrem inscrições gratuitas para novas turmas em maio

No mês de maio, o Teatro Castro Alves (TCA) dá a largada de um novo ciclo dos cursos de iniciação ao universo da música sinfônica. O maior...

Com auxílio emergencial, poupança volta a captar recursos em abril

Após três meses de retiradas líquidas, a aplicação financeira mais tradicional dos brasileiros voltou a captar recursos. Em março, os brasileiros depositaram R$ 3,84 bilhões a mais...