Confiança do empresário cresce e do consumidor cai, diz FGV

O Índice de Confiança Empresarial cresceu 5,8 pontos na prévia de agosto, chegando e a 93,3 pontos em uma escala de zero a 200 pontos. Por outro lado, o Índice de Confiança do Consumidor recuou 3 pontos, para 75,8 pontos, na mesma prévia.

De acordo com o economista da FGV Rodolpho Tobler, o resultado da prévia de agosto mostra continuidade na recuperação da confiança do empresariado brasileiro, que está apenas 2,7 pontos abaixo do patamar de fevereiro, antes da pandemia do novo coronavírus.

A confiança cresceu mais entre os empresários da indústria (8,8 pontos) e comércio (10,2) do que entre o empresariado de serviços (3,6) e construção (1,7).

O Índice de Situação Atual dos empresários subiu 8 pontos, para 87,7 pontos, na prévia de agosto, enquanto o Índice de Expectativas Empresarial cresceu 4,8 pontos, para 90,4 pontos.

Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

O Senado aprovou quinta-feira (03/09) o Projeto de Lei (PL) 3.267/2019, que altera regras do Código de Trânsito Brasileiro. O projeto, apresentado pela Presidência da República, traz...

Servidores têm descontos em empresa especializada em estética

O Clube de Desconto firma nova parceria com o Espaço de Beleza Katia Viterbo e disponibiliza abatimentos especiais para servidores do poder executivo. A empresa oferta 10%...

Convenção do Democratas para oficializar candidatura de Bruno Reis acontece no dia 14

A convenção do Democratas de Salvador para oficializar a candidatura a prefeito de Bruno Reis será realizada no próximo dia 14. O evento será transmitido a partir...

Bahia registra 3.440 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 3.440 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +1,3%) e 3.060 curados (+1,2%). Dos 265.739 casos confirmados desde o...