Justiça determina extinção do mandato do prefeito de Itabuna

A pedido do Ministério Público da Bahia, a 1ª Vara da Fazenda Pública determinou a extinção do cargo do prefeito eleito de Itabuna, na região sul do estado. Além da perda do mandato, Fernando Gomes (PTC) também teve a suspensão dos direitos políticos por três anos por improbidade administrativa.

O presidente da Câmara de Vereadores da cidade, Ricardo Xavier (Cidadania), já foi notificado oficialmente sobre a decisão do judiciário e deverá notificar o vice-prefeito, Fernando Vita, para que o mesmo possa ser empossado.

No início do mês de julho, durante um anúncio feito nas redes sociais sobre as ações de abertura do comércio no município durante a pandemia do novo coronavírus, Fernando Gomes fez um comentário que causou polêmica. O até então prefeito de Itabuna declarou que iria reabrir o comércio local “morra quem morrer”.

Óleo de coco no cabelo? Fique a par dos benefícios

Não, por vezes não precisa de um produto inacessível para tratar do seu cabelo. Devido à sua capacidade de hidratar, nutrir e prevenir a perda de proteína,...

Prodetur Bahia conclui formação da rede de empreendedores da Baía de Todos-os-Santos

Uma live na noite desta quarta-feira (5) marcou o encerramento do Projeto Rede de Turismo da Baía de Todos-os-Santos (RBTS), que reúne mais de 200 empreendedores da...

Cursos de música do TCA abrem inscrições gratuitas para novas turmas em maio

No mês de maio, o Teatro Castro Alves (TCA) dá a largada de um novo ciclo dos cursos de iniciação ao universo da música sinfônica. O maior...

Com auxílio emergencial, poupança volta a captar recursos em abril

Após três meses de retiradas líquidas, a aplicação financeira mais tradicional dos brasileiros voltou a captar recursos. Em março, os brasileiros depositaram R$ 3,84 bilhões a mais...