Comércio reabre no Nordeste de Amaralina em horário diferenciado

Fotos: Jefferson Peixoto/Secom

Após seis semanas de restrições rígidas para conter o avanço da Covid-19, o Nordeste de Amaralina já amanheceu hoje (24) com o comércio reaberto. Embora ainda esteja inserido na relação de bairros com as ações de proteção à vida, a Prefeitura liberou a reabertura do comércio em condições especiais de funcionamento, conforme decreto publicado em edição extra do Diário Oficial do Município (DOM), em função do prolongamento das medidas restritivas na localidade. 

Os estabelecimentos comerciais do bairro podem funcionar das 10h às 16h. As atividades liberadas nas fases de retomada devem, inclusive, se adaptar a esse horário. No caso de bares e restaurantes, por exemplo, que em toda cidade podem abrir das 12h às 23h, no Nordeste de Amaralina devem atender presencialmente das 12h  às 16h, de segunda a domingo. O delivery segue sem restrição de horário.
  
Durante as seis semanas de isolamento total no bairro, equipes da Prefeitura distribuíram 473 cestas básicas para trabalhadores informais e entidades sociais, ofertaram 7.508 testes rápidos (com 2.510 resultados positivos) e o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) totalizou 213 atendimentos na área social.  Além disso, máscaras foram distribuídas à população e serviços como medição de temperatura, higienização de ruas, ações de combate ao mosquito Aedes aegypti também foram realizadas ofertados. Todas essas ações continuam.  

Outras localidades – Também estão recebendo as medidas restritivas regionalizadas e as ações de proteção à vida as localidades de Pernambués/Saramandaia, São Cristóvão, Santa Cruz e Plataforma. Vale frisar que, nesses bairros, todo comércio formal e informal deve permanecer fechado, sendo autorizados a abrir para atendimento presencial apenas estabelecimentos considerados essenciais, a exemplo de farmácias, supermercados, açougues e padarias, entre outros. 

Fiscalização – A fiscalização do cumprimento das regras nos bairros é feita por equipes da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), em parceria com agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) e outros órgãos da gestão. No período entre 10 de julho e 23 de agosto, foram realizadas 3.654 vistorias e 53 interdições somente no comércio formal da região do Nordeste de Amaralina.

Lesão de continuidade na pele pode ser porta de entrada para bactérias

Lesões de continuidade na pele podem ser porta de entrada para bactérias que causam a erisipela, uma infecção da pele e do sistema linfático. Pacientes do grupo...

Acidente com duas lanchas mata 4 pessoas em Angra dos Reis

Um grave acidente envolvendo duas lanchas deixou quatro pessoas mortas hoje (16), na Ilha Paquetá, em Angra dos Reis, na Costa Verde do estado do Rio...

Governo Bolsonaro insiste para Butantan entregar Coronavac

Em novo ofício enviado ao Instituto Butantan, o Ministério da Saúde voltou a exigir neste sábado (16) a entrega de todas as 6 milhões de doses disponíveis...

Pagamento de indenizações do Dpvat passa a ser feito pela Caixa

A partir desta segunda-feira (18), a Caixa assume a gestão dos recursos e do pagamento das indenizações do Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de...