Salvador tem apenas 10% do público-alvo vacinado contra sarampo

A dois dias do término da campanha nacional de vacinação contra o sarampo, na próxima segunda-feira (31), apenas 10% da população em Salvador foi imunizada contra a doença. O alerta foi feito pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS), que chama a atenção do público-alvo para a necessidade de se vacinar, já que o vírus é grave, transmitido pela fala, tosse, espirro ou respiração próxima e pode até levar à morte.

Na última semana da estratégia, somente 106 mil indivíduos haviam recebido a dose. A campanha deste ano visa atingir a faixa etária com maior taxa de contágio da doença viral em 2019, que é de 20 a 29 anos.

As doses estão disponíveis, das 8h às 17h, em todas as 143 salas de vacinação nas unidades básicas da rede municipal. A imunização também é aplicada através do sistema drive-thru, das 8h às 14h, nos seguintes pontos: no 5º Centro de Saúde, nos Barris; na Faculdade Bahiana de Medicina, no Cabula; no Atacadão Atakarejo de Fazenda Coutos; e no Outlet Center, no Uruguai.

A vacina, conhecida como tríplice viral, protege contra os vírus do sarampo, caxumba e rubéola. Em 2020 ela deve ser aplicada até mesmo em quem já completou o esquema das duas doses anteriormente.

“Isso porque, por estarem economicamente ativas, essas pessoas acabam se expondo mais nos seus locais de trabalho e nas suas atividades do dia a dia”, explica a subcoordenadora de Doenças Imunopreveníveis da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), Doiane Lemos.

Últimas Noticias

Sobe para 16 número de armas apreendidas em caça ilegal em Formosa do Rio Preto

Mais nove espingardas foram retiradas de circulação por equipes da 86ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Formosa do Rio...