Operação da PF apura fraudes no recebimento de auxílio emergencial

Crimes de estelionato para o recebimento do auxílio emergencial, ameaça e divulgação de informações pessoais integram o alvo da Operação Falso Samaritano, deflagrada na manhã desta quarta-feira (2), pela Polícia Federal.

Segundo a PF, durante as investigações foi identificado que o suspeito utilizava dados das vítimas para se cadastrar nos aplicativos dos auxílios emergenciais do governo federal e, assim, receber os valores em benefício próprio.

“O investigado também ameaçou e divulgou dados pessoais do presidente da Caixa Econômica Federal e de seus familiares, após o presidente do banco ter alertado a população sobre a existência de golpes, bem como declarado que iria intensificar as medidas para impedir a ação dos fraudadores”, informou a assessoria da Polícia Federal.

Estão sendo apurados pela PF os crimes de estelionato, ameaça e divulgação de dados sigilosos.

Salvador inicia segunda etapa da vacinação contra a gripe nesta terça (11)

Foto: Bruno Concha/Secom A segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza em Salvador começa nesta terça-feira (11). A partir de agora, a estratégia contemplará os...

Confira os alimentos que jamais devem ser colocados na geladeira

É óbvio que pretende preservar durante o máximo de tempo possível os alimentos que compra, contudo a melhor solução nem sempre é colocá-los na geladeira... Uma lista de...

Meio milhão em cocaína que iria para o CV do Nordeste de Amaralina é interceptado

As polícias Civil e Militar apreenderam 10 kg de cocaína, na tarde desta segunda-feira (10/05), no estacionamento de um supermercado localizado na Avenida Bonocô, em Salvador. Informações...

Seguem abertas inscrições para 44 cursos de qualificação profissional

A Secretaria da Educação do Estado (SEC) segue com as inscrições abertas, até 19 de maio, para 44 cursos de qualificação profissional (Formação Inicial e Continuada –...