Endividamento e inadimplência crescem no país em agosto, diz CNC

O percentual de famílias endividadas (com atraso ou não) e inadimplentes (com contas em atraso) aumentou em agosto deste ano. O endividamento atingiu 67,5% das famílias brasileiras, de acordo com dados divulgados hoje (3) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), acima dos 67,4% de julho deste ano e dos 64,8% de agosto do ano passado.

Já a inadimplência chegou a 26,7% das famílias em agosto, percentual superior aos 26,3% de julho deste ano e aos 24,3% de agosto do ano passado.

As famílias que não terão condições de pagar suas contas chegou a 12,1% acima de julho (12%) e de agosto do ano passado (9,5%).

Segundo o presidente da CNC, José Roberto Tadros, as famílias com maior renda têm aumentado a poupança em detrimento do consumo, principalmente de serviços, mas as famílias com renda mais baixa têm tido mais necessidade de crédito.

De acordo com a CNC, embora estejam mais endividadas, as famílias reduziram a parcela média da renda comprometida com dívidas em agosto. Entre as famílias endividadas, 21,4% afirmaram ter mais da metade da renda mensal comprometida com o pagamento destas dívidas, a terceira queda consecutiva depois de ter atingido 22,4% em abril.

Servidores têm descontos em empresa especializada em estética

O Clube de Desconto firma nova parceria com o Espaço de Beleza Katia Viterbo e disponibiliza abatimentos especiais para servidores do poder executivo. A empresa oferta 10%...

MP fiscaliza distribuição de merenda escolar nos Municípios de Cipó e Ribeira do Amparo

O Ministério Público oficiou os Municípios de Cipó e Ribeira do Pombal para que informem as medidas que foram adotadas nas cidades para assegurar a continuidade do...

Região Nordeste apresenta queda na média de mortes de Covid-19

O Nordeste apresenta desaceleração de 19% na média móvel de mortes de Covid-19, de acordo com consórcio de imprensa que reúne os dados das secretarias de saúde...

INSS pagará diferença sobre adiantamento do auxílio-doença

Os segurados da Previdência Social que receberam antecipação do auxílio por incapacidade temporária (antes chamado auxílio-doença) terão o benefício reconhecido em definitivo. Com essa medida, aqueles que...