Teve jogo!! Vitória bate o Juazeirense, por 3 a 2, e abre vantagem

Em uma partida de gols bonitos, esquisitos e também de erros decisivos, o Vitória venceu o Juazeirense no estádio Adauto Moraes neste domingo, e abriu vantagem na busca pela vaga na final do Campeonato Baiano. Com gols de Marinho, em linda finalização no primeiro tempo, Amaral e Kieza, que aproveitou bobeira da defesa adversária, o Leão fez 3 a 2 no Cancão de Fogo. Nino Guerreiro e Jean Carlos, no finalzinho do jogo, diminuíram e deram ânimo para o jogo de volta.

Como teve melhor campanha que o Juazeirense na primeira fase do Baianão, o Vitória pode perder por até um gol de diferença que se classifica para a final da competição. A partida de volta entre as duas equipes está marcada para o dia 21 deste mês, em partida no Barradão. Antes do confronto de volta, o Leão terá que enfrentar o Náutico-RR na próxima quarta-feira, pela Copa do Brasil.

O golaço

O primeiro tempo pode ser contado a partir da persistência de Amaral. Na primeira oportunidade que teve, quando recebeu ótimo passe de Leandro Domingues, o volante errou feio a devolução e desperdiçou boa oportunidade do time. Se não não conseguia ajudar lá na frente, Amaral contribuiu bem na sua. Protegeu a defesa do Leão e fez com que o Juazeirense pouco assustasse na primeira etapa. Na verdade, o Cancão de Fogo, que errou muito, só conseguiu chegar na área do Vitória em lances de bola parada e cruzamentos. Com o adversário recuado, Amaral voltou a arriscar fora da sua praia. E dessa vez não desperdiçou. O Vitória já ganhava por 1 a 0, com um golaço marcado após jogada de Leandro Domingues, que terminou em finalizações certeira de Marinho no ângulo, quando o pitbull rubro-negro entrou na área e completou lançamento perfeito de Diego Renan. Era o segundo gol do Vitória.

A trapalhada

À frente no placar, o Vitória tentou controlar a partida no segundo tempo e ampliar o placar. A estratégia deu certo início, quando Vander e Ramon quase marcaram, mas pararam no goleiro Tigre. Contudo, aos 14 minutos, o Juazeirense conseguiu uma rara oportunidade e aproveitou falha geral da zaga do Leão para diminuir com Nino Guerreiro, que finalizou meio de canela para o fundo do gol. Após marcar, o Cancão se lançou ao ataque a fim de empatar o jogo, mas viu Kieza esfriar toda a reação. O artilheiro do Vitória aproveitou erro geral da zaga adversária, que afastou mal, e só teve o trabalho de colocar a bola para o fogo do gol. Era o terceiro gol. Depois de levar mais um, o Juazeirense sentiu o gol e voltou a não conseguir assustar, até que, no finalzinho, quando tudo parecia definido, Jean Carlos fez mais um impedido e diminuiu a vantagem do Vitória.

 


Fonte: GloboEsporte.com

Últimas Noticias

Prisco critica apuração oficial da morte de Wesley Góes

O deputado estadual Soldado Prisco considerou "prematura e governista" a apuração do Inquérito Policial Militar (IPM) da morte do...