Imprudência do motorista é responsável por 85% dos acidentes nas rodovias

Nas rodovias baianas houve o registro de cerca de cinco mil acidentes entre os meses de agosto de 2019 e agosto de 2020, de acordo com dados da Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra). A imprudência dos condutores foi responsável por 85% das ocorrências nesse período. O 5º Workshop de Segurança Viária, que teve como tema “Perceba o risco, Proteja a Vida!”, discutiu o comportamento de motoristas nas estradas nesta quarta-feira (30) em transmissão virtual.

As principais causas de acidentes por imprudência do motorista são excesso de velocidade, dirigir sob efeito de álcool ou drogas e a falta de atenção. Para diminuir o número de registros, a Seinfra realiza ações para dar mais segurança aos condutores e aos pedestres. “Atualmente, fazemos a fiscalização com radares móveis em toda a malha rodoviária. Instalamos mais 40 radares fixos distribuídos por 25 municípios, que já estão entrando em funcionamento. Também entregamos 30 etilômetros à Polícia Rodovia Estadual (PRE) para serem utilizados em operações nas rodovias baianas”, explicou o secretário de Infraestrutura Marcus Cavalcanti.

A falta de atenção foi responsável por 71% dos registros de ocorrência no último ano. Sobre o assunto, o major da Companhia Independente de Polícia Rodoviária (CIPRv) de Barreiras, Jean Fábio Wartmann, destacou que “o Homem é o maior peso na tríade composta também por Via e Veículo visto que dirigir envolve uma carga emocional e cognitiva. É necessário ter atenção no trânsito e estar focado na condução do veículo e em qualquer tipo de distração”. Wartmann acrescentou que o uso de celular, fones de ouvido e viva-voz podem aumentar o risco de acidentes em até 23 vezes.

Esse comportamento de risco dos motoristas é analisado através do conceito “Rodovias que Perdoam”. “É percebendo os riscos que vemos a necessidade de investimentos. Esse novo conceito busca muito mais do que trazer o conhecimento, pois é uma metodologia que pode ser auditada pelo Programa Internacional de Avaliação Rodoviária (IRAP) e podem ser implantada em diversas rodovias. São novas tecnologias que, inclusive, buscam a integração entre os modais de transporte”, comentou Francisco Garone, diretor do Observatório Nacional de Segurança Viária.

As diretrizes da 2ª Década de Ação para a Segurança Viária (2021-2030) também foram apresentadas em painel no Workshop. Esta segunda década, que iniciará a partir janeiro de 2021, tem como objetivo reduzir as mortes e lesões no transito em 50% até 2030. Para ajudar a alcançar esse resultado, a Organização das Nações Unidas (ONU) estabeleceu 12 metas globais, como o desenvolvimento de plano de ações para o trânsito, melhoria na segurança de veículos e uma maior fiscalização sobre os condutores.

O evento foi realizado pela Seinfra, Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP/BA), Polícia Militar da Bahia (PM/BA), através do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv/BA), e Banco Mundial.

Museu Geológico da Bahia realiza 22ª edição da Semana da Criança

A 22ª edição da Semana da Criança, evento anual promovido pelo Museu Geológico da Bahia (MGB), que ocorre entre os dias 26 e 28 outubro, terá programação...

Secult lança prêmio para Pontos de Cultura pelo Programa Aldir Blanc Bahia

A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), através da Superintendência de Desenvolvimento Territorial da Cultura (Sudecult) lança, nesta quarta-feira (21), mais um edital do Programa...

“Tomo sempre banho antes e depois de transar”, diz Xuxa

Xuxa Meneghel revelou no livro “Memórias”, lançado em setembro, que ainda sofre com os traumas por causa dos abusos sexuais que sofreu quando era criança. As informações...

Salvador ganha destaque em final latino-americana de game musical

Salvador será destaque durante a transmissão da final latino-americana do game musical Just Dance M.A.C Challenge 2020. A capital baiana, eleita pela segunda vez pela Unesco como...