Bruno Reis propõe universalizar a atenção básica e implantar Clínica da Dor e Escola de Saúde Pública

Em encontro com profissionais de saúde neste sábado (10), o candidato do Democratas a prefeito de Salvador, Bruno Reis, afirmou que vai universalizar a cobertura da atenção básica na capital e apresentou propostas para a implantação da Clínica da Dor e da Escola de Saúde Pública, entre outras ações que constam em seu plano de governo para ampliar o atendimento à população.

O evento foi realizado no auditório da UniFTC, onde Bruno visitou um centro de atendimento de Covid-19 e laboratórios utilizados pelos alunos do curso de Medicina da instituição. Participaram da ação a candidata a vice-prefeita Ana Paula Matos (PDT), o secretário municipal de Saúde, Leo Prates (PDT), e André Nazar, anfitrião do dia e vice-presidente de Saúde da Rede UniFTC.

Bruno Reis ressaltou que pretende alcançar a cobertura de 70% na Atenção Básica, implantando mais de 100 equipes de Saúde da Família. Hoje, a cidade possui mais de 300 equipes. Isso significa que a atenção básica será universalizada, uma vez que é de 72% a taxa de dependência do SUS na capital baiana. A taxa representará a cobertura de 100% em diversos bairros populares, suprindo a necessidade de capacidade instalada de atendimento.

“Antes da gestão do prefeito ACM Neto (Democratas), eram 104 equipes e cobertura de 18%. Hoje, estamos em 56% e vamos chegar a 60% no final do ano. Tínhamos apenas uma UPA, hoje, temos 10, além de quatro multicentros de saúde”, contou.

Bruno ainda frisou que a prefeitura investe hoje 19% da receita corrente líquida em saúde, o que representa quatro pontos percentuais a mais do que o mínimo exigido, de 15%. O município conta também com quase 11 mil profissionais da saúde. “Nós vamos implantar a Escola de Saúde Pública para aprimorar e qualificar ainda mais essa mão de obra que nós temos hoje na nossa rede. Essa Escola vai consolidar a residência médica que nós implantamos e vai permitir a busca de parcerias”, afirmou.

“Nós vamos também implantar uma Clínica da Dor, porque a gente sabe que têm pessoas de nossa cidade com dores crônicas e que poderão ser atendidas neste local, onde será possível também realizar cirurgias ortopédicas. Nós ainda vamos implantar um Centro de Reabilitação em Cajazeiras e fazer a primeira Maternidade Municipal”, complementou o candidato.

Bruno destacou, por fim, que Salvador irá se tornar um polo de saúde no Nordeste, com os investimentos que estão sendo feitos no setor, a exemplo da ampliação dos hospitais Aliança, São Rafael e Cardiopulmonar, além da construção do Mater Dei.

Obrigatoriedade de vacina contra covid-19 vai ao plenário do STF – ISTOÉ Independente

Após sete partidos protocolarem no Supremo Tribunal Federal (STF) ações sobre vacinação nesta sexta-feira, 23, o ministro Ricardo Lewandowski, pediu explicações ao Planalto e já adiantou que...

Anvisa autoriza importação de 6 milhões de doses da CoronaVac

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou nesta sexta-feira (23) a importação de 6 milhões de doses da CoronaVac, vacina produzida pela farmacêutica chinesa Sinovac em...