Via Bahia deixou de realizar “R$750 milhões de investimentos em estradas”, afirma ministro Tarcísio

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, visitou três rodovias federais na BR-116, região de Feira de Santana, nesta segunda-feira (12/10).

Na ocasião, foi liberado o primeiro trecho de duplicação da BR-116/BA após a retomada das obras pelo Governo Federal. São nove quilômetros de pista dupla no lote 6, que vai de Feira de Santana até o entroncamento de acesso a Santanópolis.

Em conversa com a imprensa, o gestor fez duras criticas a atuação da concessionária Via Bahia e disse que o governo federal vai usar todas as medidas cabíveis para cancelar contrato com a empresa, pois “é uma coisa que ninguém suporta mais” e “é um contrato que deixou de ser executado”.

“É um contrato que arrecadou 90% dos recursos previstos no plano de negócio. No entanto, eles só executaram 30% das obras que ingressaram”, citou o ministro ao acrescentar também que “não fizeram nenhuma duplicação condicionada. Deixaram de executar 441quilômetros de duplicação, deixaram de realizar mais de 750 milhões de reais de investimentos”.

Tarcísio afirmou que “essa situação está no judiciário” e “fomos bem sucedidos nas primeiras ações”

O ministro da Infraestrutura disse que “o ideal para eles é fazer o devolvimento da concessão” para a gestão licitar uma nova concessão.

Citou ainda que o processo demora, mas foi otimista. “Nós teremos a extinção do contrato”, finalizou Tarcísio de Freitas, que ainda vistoriou outras obras de responsabilidade da Via Bahia. Participaram do eventos os deputados Paulo Azi e João Roma, o ex-prefeito de Feira de Santana, Zé Ronaldo, além de diversas lideranças políticas.

Ação do Outubro Rosa da Sesab tem sucesso e preenche as 10 mil vagas para mamografia

Todas as 10 mil mamografias disponibilizadas pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) para as mulheres de 40 a 69 anos, residentes em Salvador, até...

Governo prorroga até 15 de novembro decreto que proíbe aulas na Bahia

Aulas nas unidades de ensino das redes pública e privada seguem suspensas em toda a Bahia. O Governo do Estado decidiu prorrogar o decreto nº 19.586, que...